Márcio França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Márcio França
França em 2018
36. º Governador de São Paulo
Período 6 de abril de 2018
até a atualidade
Vice-governador Nenhum
Antecessor(a) Geraldo Alckmin
26. º Vice-governador de São Paulo
Período 1 de janeiro de 2015
a 6 de abril de 2018
Governador Geraldo Alckmin
Antecessor(a) Guilherme Afif Domingos
Sucessor(a) Cargo vago
Secretário Estadual de Desenvolvimento de São Paulo
Período 1 de janeiro de 2015
a 6 de abril de 2018
Governador Geraldo Alckmin
Antecessor(a) Nelson Baeta Neves Filho
Sucessor(a) Marcos Monteiro
Secretário Esporte, Lazer e Turismo de São Paulo
Período 1 de janeiro de 2011
a 1 de janeiro de 2015
Governador Geraldo Alckmin
Antecessor(a) José Benedito Pereira Fernandes
Sucessor(a) Roberto Alves de Lucena
Deputado Federal por São Paulo
Período 1 de fevereiro de 2007
a 1 de janeiro de 2015
(2 mandatos consecutivos)
42. º Prefeito de São Vicente
Período 1 de janeiro de 1997
a 1 de janeiro de 2005
Antecessor(a) Luís Carlos Luca Pedro
Sucessor(a) Tércio Garcia
Vereador de São Vicente
Período 1 de janeiro de 1989
a 1 de janeiro de 1997
(2 mandatos consecutivos)
Dados pessoais
Nome completo Márcio Luiz França Gomes
Nascimento 23 de junho de 1963 (55 anos)
São Vicente, São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Progenitores Mãe: Myrthes Giani França Gomes
Pai: Luiz Gonzaga de Oliveira Gomes
Primeira-dama Lúcia França (1986-presente)
Filhos Caio França
Helena França
Partido PSB (1988-presente)
Profissão Advogado

Márcio Luiz França Gomes (São Vicente, 23 de junho de 1963) é um político e advogado brasileiro filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). É o atual governador do estado de São Paulo desde 6 de abril de 2018. França estudou direito na Universidade Católica de Santos e durante um período da graduação foi eleito pelos alunos, presidente do Centro Acadêmico Alexandre Gusmão. Advogado, tornou-se político filiado ao PSB.

Antes de se tornar governador de São Paulo, também foi secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado. Preside o PSB em São Paulo e é secretario de finanças da direção nacional do partido. É candidato à reeleição ao Governo do Estado de São Paulo em 2018.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Márcio França como Governador em Exercício durante o Salão do Automóvel.

Na faculdade de direito da Universidade Católica de Santos, Márcio França começou sua vida pública como líder estudantil. Mais tarde, tornou-se oficial de justiça de Santos e se filiou ao único partido de sua carreira, o Partido Socialista Brasileiro em 1988[1][2], sendo eleito vereador de São Vicente por duas vezes e também prefeito da cidade por dois mandatos (19972000 e 20012004). Foi também eleito duas vezes deputado federal por São Paulo (2006 e em 2010).[3]

Márcio França em evento da AgriShow.

Em dezembro de 2010, foi convidado pelo governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, para ser o Secretário de Turismo do Estado.[4]

Márcio França obteve a maior reeleição para prefeito do Brasil, em 2000 (em cidades com mais de 100 mil habitantes), quando alcançou o percentual de 91, 3% dos votos válidos em São Vicente. Sua gestão foi marcada por obras de infraestrutura e de valorização da autoestima da população, com destaque para a realização do maior espetáculo teatral em areia de praia do mundo, a Encenação da Fundação da Vila de São Vicente, com mil atores do povo, além de estrelas televisivas.

Também foi o primeiro presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb).

Márcio França foi líder do PSB na Câmara dos Deputados e também de um bloco com 78 parlamentares. Sua atuação lhe incluiu na relação dos deputados mais influentes pelo DIAP. [5]

Teve participação direta em duas campanhas presidenciais, em 2002, e depois em 2014, tendo sido a primeira ao lado de Ciro Gomes [6] e a segunda ao lado de Eduardo Campos, esta última interrompida pela morte do candidato.

Como secretário de Turismo do Estado de São Paulo, criou programas de inclusão turística, como o Roda São Paulo (ônibus que fazem roteiros a preços populares), o Festival Gastronômico Sabor SP o programa de caminhada chamado Passos dos Jesuítas, entre outros.

Como secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, incentivou a Economia Criativa; criou programa de incremento à exportação para as pequenas e médias empresas; criou o Mercado SP para os produtos rurais paulistas, além de incrementar os parques tecnológicos; programas de arranjos produtivos locais, entre outros. Sua pasta comandava grandes universidades, como USP, UNICAMP, Unesp, além do Centro Paula Souza.

Governo de São Paulo[editar | editar código-fonte]

Geraldo Alckmin passa o Governo de São Paulo a Márcio França

Em 7 de abril de 2018, França, então vice-governador assume o governo de São Paulo no lugar de Geraldo Alckmin.[7] O Partido Socialista Brasileiro (PSB) oficializou seu nome para a reeleição ao governo, com a coronel Eliane Nikoluk como candidata a vice.[8] Após a eleição no dia 7 de outubro de 2018, ficou em segundo lugar com 4 358 998 votos, o que corresponde a 21.53% dos votos válidos, e disputará o segundo turno contra João Doria do PSDB.[9]

Desempenho em eleições[editar | editar código-fonte]

Ano Eleição Coligação Partido Candidato a Votos Votos em São Vicente Resultado
1988 Municipal de São Vicente PSB PSB Vereador 472 (19º) Eleito[10]
1992 Municipal de São Vicente PSB PSB Vereador 1 082 (4º) Eleito[10]
1996 Municipal de São Vicente PSB PSB Prefeito 50 371 (1º - turno único) Eleito[10]
2000 Municipal de São Vicente PPB, PDT, PTB, PMDB, PTN, PSC, PSD, PFL, PAN,
PSDC, PSB, PV, PRP, PSDB, PC do B, PT do B
PSB Prefeito 139 581 (1º - turno único) Eleito[11]
2006 Estadual de São Paulo PSB PSB Deputado federal 215 388 (9º) 113 524 (1º) Eleito[11]
2010 Estadual de São Paulo PSB PSB Deputado federal 172 005 (19º) 77 160 (1º) Eleito[11]
2014 Estadual de São Paulo PSDB, DEM, PEN, PMN, PT do B, PTC,
PTN, SD, PSD, PRB, PSB, PSC, PSDC, PSL
PSB Vice-governador 12 230 807 (1º) 99 782 (1º) Eleito[11]
2018 Estadual de São Paulo (1º turno) PSB / PSC / PPS / PTB / PV / PR / PODE / PMB / PHS / PPL / PRP / PATRI / PROS / SOLIDARIEDADE / AVANTE PSB Governador 4 358 998 (2º) -- A disputar o segundo turno[12]

Referências

  1. Chapola, Ricardo (15 de Abril de 2018). «Quem é Márcio França. E qual o seu papel na aliança do PSB com o PSDB». Nexo Jornal. Consultado em 17 de Agosto de 2018. 
  2. França, Márcio. «Conheça Márcio França - Márcio França». www. marciofranca.com.br. Consultado em 27 de maio de 2018. 
  3. Câmara dos Deputados. Conheça os Deputados. Biografia. Márcio França - PSB/SP
  4. Alckmin anuncia mais três secretários do novo governo
  5. «DIAP divulga relação dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso» 
  6. Inaldo Sampaio. «Ciro não quer repetir os mesmos erros». Inaldo Sampaio 
  7. «São Paulo terá governador e prefeito novos a partir desta sexta». VEJA SÃO PAULO 
  8. «PSB oficializa candidatura de Márcio França ao governo de São Paulo». G1 
  9. «Marcio França 40». Eleições 2018. Consultado em 8 de outubro de 2018. 
  10. a b c «Informações eleitorais». Fundação Seade. Consultado em 9 de setembro de 2018. 
  11. a b c d «Márcio Luiz França Gomes». Informações eleitorais. Fundação Seade. Consultado em 9 de setembro de 2018. 
  12. «Marcio França 40». eleicoes2018.com. Consultado em 8 de outubro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Guilherme Afif
Vice-governador de São Paulo
2015—2018
Sucedido por
Precedido por
Geraldo Alckmin
Governador de São Paulo
2018—atualidade
Sucedido por