Eleição municipal de São Paulo em 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2016 Brasil 2024
Eleição municipal de São Paulo em 2020
15 de novembro de 2020 (Primeiro turno)
29 de novembro de 2020 (Segundo turno)


Brasão da cidade de São Paulo.svg
Prefeito de São Paulo

Titular
Bruno Covas
PSDB

Eleito
A definir

A eleição municipal da cidade de São Paulo em 2020 está previsto para ocorrer no dia 15 de novembro (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo turno), com o objetivo de eleger um prefeito, um vice-prefeito e 55 vereadores, que serão responsáveis pela administração da cidade. O atual prefeito Bruno Covas, que assumiu o cargo em 2018, após o titular João Doria (com quem se elegeu em 2016) renunciar para poder disputar o Governo do Estado de São Paulo (para o qual seria eleito em segundo turno), está apto para concorrer a uma possível reeleição, apesar de ainda se recuperar de tratamento contra um câncer no aparelho digestivo.[1] Originalmente, as eleições ocorreriam em 4 de outubro (primeiro turno) e 25 de outubro (segundo turno, caso necessário), porém, com o agravamento da pandemia de COVID-19 no Brasil, as datas foram modificadas.[2]

Contexto político e pandemia[editar | editar código-fonte]

As eleições municipais de 2020 estão sendo marcadas, antes mesmo de iniciada a campanha oficial, pela pandemia de COVID-19 no Brasil, o que está fazendo com que os partidos remodelem suas estratégias de pré-campanha. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou os partidos a realizarem as convenções para escolha de candidatos aos escrutínios por meio de plataformas digitais de transmissão, para evitar aglomerações que possam proliferar o coronavírus.[3] Alguns partidos recorreram a mídias digitais para lançar suas pré-candidaturas. Além disso, a partir deste pleito, será colocada em prática a Emenda Constitucional 97/2017, que proíbe a celebração de coligações partidárias para as eleições legislativas[4], o que pode gerar um inchaço de candidatos ao legislativo. Conforme reportagem publicada pelo jornal Brasil de Fato em 11 de fevereiro de 2020, o país poderá ultrapassar a marca de 1 milhão de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador neste escrutínio.[5][6]

Contexto político local[editar | editar código-fonte]

O pleito em São Paulo ocorre quatro anos depois da eleição municipal de São Paulo em 2016, na qual o tucano João Doria foi eleito prefeito de São Paulo com 53% dos votos no primeiro turno, derrotando o então prefeito Fernando Haddad. Visando às eleições estaduais em São Paulo em 2018, Doria renunciou ao cargo de prefeito para disputar a eleição para governador, na qual venceu o então mandatário Márcio França, no segundo turno, com 52% dos votos.[7] Com a renúncia de João Doria, assumiu o também tucano Bruno Covas, neto do ex-governador Mário Covas e que anteriormente havia sido deputado federal e chefiado a Secretaria de Meio Ambiente durante a terceira gestão de Geraldo Alckmin.[8][9]

Apesar de o presidente Jair Bolsonaro ter dito que não apoiará nenhum candidato em eleições municipais, alguns candidatos tentam apresentar-se como candidatos bolsonaristas, como Celso Russomanno (REP), Filipe Sabará (NOVO), Levy Fidelix (PRTB), e Andrea Matarazzo (PSD).[10][11] Entre os candidatos de direita rompidos com Bolsonaro estão Arthur do Val (PATRI) e Joice Hasselmann (PSL).[10] Na chamada centro-direita, há ex-governador Márcio França (PSB).[10][12] Entre centro-esquerda e esquerda, encontram-se Jilmar Tatto (PT), Guilherme Boulos (PSOL), Orlando Silva (PCdoB), Vera Lúcia (PSTU) e Antônio Carlos Silva (PCO).[13]

Convenções partidárias[editar | editar código-fonte]

A escolha dos candidatos à Prefeitura de São Paulo é oficializada durante as convenções partidárias, que ocorrem excepcionalmente neste pleito entre 31 de agosto a 16 de setembro, período definido pela Emenda Constitucional nº 107 de 2020.[14] Válido para todos os partidos políticos, o prazo garante a isonomia entre as legendas e é o momento em que os partidos escolhem quais filiados podem pedir o registro de candidatura e se disputarão a eleição coligados com outras legendas.

Nota: a tabela a seguir está organizada por ordem cronológica de realização das convenções.

Data da convenção Nome e sigla do partido Posicionamento oficial
31 de agosto Partido Social Democrático (PSD) Candidatura de Andre Matarazzo à Prefeitura de São Paulo e Marta Costa a vice-prefeita.[15]
Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) Candidatura de Levy Fidelix à Prefeitura de São Paulo e Jairo Glikson a vice-prefeito.[16]
Partido Social Liberal (PSL) Candidatura de Joice Hasselmann à Prefeitura de São Paulo e Ivan Leão Sayeg a vice-prefeito.[17]
Democratas (DEM) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[18]
3 de setembro Cidadania Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[19]
5 de setembro Partido Novo (NOVO) Candidatura de Filipe Sabará à Prefeitura de São Paulo e Marina Helena a vice-prefeita.[20]
Podemos (PODE) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[21]
Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) Candidatura de Guilherme Boulos à Prefeitura de São Paulo e Luiza Erundina a vice-prefeita.[22]
Partido Comunista do Brasil (PCdoB) Candidatura de Orlando Silva Jr à Prefeitura de São Paulo.[23]
Partido Verde (PV) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[24]
6 de setembro Partido Liberal (PL) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[25]
7 de setembro Patriota Candidatura de Arthur do Val à Prefeitura de São Paulo e Adelaide Olivera a vice-prefeita.[26]
Democracia Cristã (DC) Apoio formal à candidatura de Joice Hasselmann (PSL) à Prefeitura de São Paulo.[27]
8 de setembro Rede Sustentabilidade (REDE) Candidatura de Marina Helou à Prefeitura de São Paulo.[28]
9 de setembro Partido Social Cristão (PSC) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[29]
10 de setembro Podemos (PODE) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[30]
Partido Republicano da Ordem Social (PROS) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[31]
11 de setembro Movimento Democrático Brasileiro (MDB) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo e candidatura de Ricardo Nunes a vice-prefeito.[32]
Partido Socialista Brasileiro (PSB) Candidatura de Márcio França à Prefeitura de São Paulo.[33]
12 de setembro Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) Candidatura de Bruno Covas à Prefeitura de São Paulo.[34]
Partido dos Trabalhadores (PT) Candidatura de Jilmar Tatto à Prefeitura de São Paulo.[35]
Partido Democrático Trabalhista (PDT) Apoio formal à candidatura de Márcio França (PSB) à Prefeitura de São Paulo e candidatura de Antônio Neto a vice-prefeito.[36]
Partido da Mobilização Nacional (PMN) Apoio formal à candidatura de Márcio França (PSB) à Prefeitura de São Paulo.[37]
Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) Candidatura de Marcos da Costa à Prefeitura de São Paulo e Cabo Edjane Sousa a vice-prefeita. Da Costa viria a retirar-se do páreo aos 16 de setembro, aceitando a indicação para ser vice de Celso Russomanno (Republicanos). [38][39]
Partido da Causa Operária (PCO) Candidatura de Antonio Carlos Silva à Prefeitura de São Paulo e Henrique Áreas a vice-prefeito.[40]
Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) Candidatura de Vera Lúcia à Prefeitura de São Paulo e Professor Lucas Nizuma a vice-prefeito.[41]
13 de setembro Partido Trabalhista Cristão (PTC) Retirada das candidaturas de Antônio Ribas Paiva à Prefeitura de São Paulo e Adriana Ribeiro a vice-prefeita e apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura.[42][43]
Solidariedade Apoio formal à candidatura de Márcio França (PSB) à Prefeitura de São Paulo.[44]
14 de setembro Avante Apoio formal à candidatura de Márcio França (PSB) à Prefeitura de São Paulo.[45]
15 de setembro Partido Comunista Brasileiro (PCB) Apoio formal à candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) à Prefeitura de São Paulo.[46]
Rede Sustentabilidade (REDE) Candidatura de Marina Helou à Prefeitura de São Paulo e Marco Di'Preto a vice-prefeito.[47]
Progressistas (PP) Apoio formal à candidatura de Bruno Covas (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.[48]
Republicanos Candidatura de Celso Russomanno à Prefeitura de São Paulo. Marcos da Costa (PTB),retirou sua candidatura a prefeito e será candidato a vice-prefeito[39]
Partido da Mulher Brasileira (PMB) O partido não anunciou a principio apoio formal à nenhum candidato.[49]Em 24 de setembro de 2020,anunciou apoio formal à candidatura de Márcio França (PSB) à Prefeitura de São Paulo.[50]
Unidade Popular(UP) Apoio formal à candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) à Prefeitura de São Paulo.[51]

Pré-candidaturas apresentadas[editar | editar código-fonte]

Pré-candidato(a) ao cargo de prefeito Pré-candidato(a) ao cargo de vice-prefeito Número eleitoral Coligação
Nome Foto Partido Nome Foto Partido
Andrea Matarazzo
Andrea Matarazzo (cropped).jpg
PSD Marta Costa[52]
Silver - replace this image male.svg
PSD 55

Partido não coligado

Antônio Carlos Silva[53]
PCO Henrique Áreas
PCO 29
Arthur do Val[54]
Patriota Adelaide Oliveira[55]
Silver - replace this image female.svg
Patriota 51
Bruno Covas[56]
Arnold Schwarzenegger, Doria e Covas.jpg
PSDB Ricardo Nunes[57]
Silver - replace this image male.svg
MDB 45 "Todos por São Paulo"[58]
  • Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)
  • Movimento Democrático Brasileiro (MDB)
  • Democratas (DEM)
  • Progressistas (PP)
  • Podemos (PODE)
  • Partido Social Cristão (PSC)
  • Partido Liberal (PL)
  • Cidadania
  • Partido Verde (PV)
  • Partido Republicano da Ordem Social (PROS)
  • Partido Trabalhista Cristão (PTC)
Celso Russomanno[59]
Russomano.jpg
Republicanos Marcos da Costa[60]
Silver - replace this image male.svg
PTB 10 "Aliança por São Paulo"

Filipe Sabará[61]
Audiência Pública da Assistência Social (cropped).jpg
NOVO Marina Helena Cunha[62]
Silver - replace this image female.svg
NOVO 30

Partido não coligado

Guilherme Boulos
PSOL[63] Luiza Erundina[64]
Luiza Erundina.jpg
PSOL 50 "Pra Virar o Jogo"[65]
  • Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)
  • Partido Comunista Brasileiro (PCB)[66]
  • Unidade Popular (UP)[67]
Jilmar Tatto[68]
Jilmar Tatto.jpg
PT Carlos Zarattini[69]
Carlos Zarattini em agosto de 2016.jpg
PT 13

Partido não coligado

Joice Hasselmann
Dep Joice Hasselmann (PSL - SP) (cropped).jpg
PSL Sandra Vaz Gentil[70]
Silver - replace this image female.svg
PSL 17 "SP merece mais"
  • Partido Social Liberal (PSL)
  • Democracia Cristã (DC)
Levy Fidelix[71]
Levy Fidelix tv brasil (cropped).jpg
PRTB Jairo Glikson[72]
Silver - replace this image male.svg
PRTB 28

Partido não coligado

Marina Helou[73]
Silver - replace this image female.svg
REDE Marco Di'Preto
Silver - replace this image male.svg
REDE 18
Márcio França[74]
Ordem do Ipiranga - Márcio França.jpg
PSB Antônio Neto
PDT 40 "Aqui tem palavra"[37]
Orlando Silva Jr.[78]
PCdoB Enfermeira Andrea Barcelos
Silver - replace this image female.svg
PCdoB 65

Partido não coligado

Vera Lúcia
Vera Lúcia no Dia Internacional da Mulher Trabalhadora 2018 - PSTU.jpg
PSTU Professor Lucas
Silver - replace this image male.svg
PSTU 16
  • Atualizado até 11h41min, domingo, 27 de setembro de 2020 (UTC)

Candidatos a prefeito[editar | editar código-fonte]

Pesquisas eleitorais[editar | editar código-fonte]

Pré-candidatos[editar | editar código-fonte]

Janeiro/Setembro de 2020[editar | editar código-fonte]

Fonte Data(s)
conduzidas
Amostragem Celso Russomanno
Republicanos
Datena
MDB
Paulo Skaf
MDB
Márcio França
PSB
Marta Suplicy
Solidariedade/PMDB
Bruno Covas
PSDB
João Doria Jr.
PSDB
Joice Hasselmann
PSL
Guilherme Boulos
PSOL
Luiza Erundina
PSOL
Andrea Matarazzo
PSD
Tabata Amaral
PDT
Jilmar Tatto
PT
Fernando Haddad
PT
Arthur do Val
Patriota
Filipe Sabará
NOVO
Outros Abst.
Indec.
Vantagem
Datafolha 21-22 Set 1.092 29% 8% 20% 1% 9% 2% 2% 2% 1% 5% 21% 9%
5% 2% 8% 5% 1% 1% 5% 74% 3%
Ibope 14–20 Set 1.001 24% 6% 18% 2% 8% 1% 1% 2% 1% 4% 33% 6%
Consultoria Atlas 26 Ago–1 Set 1.514 12,3% 11,5% 4,2% 16% 2,1% 12,4% 2,1% 2,1% 1,9% 1,1% 8,3% 11,9% 3,6%
Paraná Pesquisas 15–19 Ago 1.100 24,8% 9,5% 23,8% 1,5% 6,7% 3% 2,9% 2,4% 0,7% 5,1% 19,5% 1%
20,5% 8% 7,6% 9,8% 20,1% 1% 6,2% 2,1% 2,3% 1,9% 0,5% 3,6% 16,9% 0,4%
1,8% 0,3% 1,3% 1,4% 5,3% 1,6% 0,5% 1,9% 0,5% 2,1% 83,3% 3,2%
RealTimeBigData 12–13 Ago 1.200 22% 7% 7% 26% 1% 7% 3% 3% 2% 0% 1% 21% 4%
23% 8% 27% 5% 23%
Paraná Pesquisas 4–8 Jul 18,3% 12,9% 7,8% 6,5% 22,6% 1,3% 5,7% 3,8% 2,1% 3% 0,6% 0,7% 14,9% 4,3%
20% 10,4% 7,7% 6,9% 22,8% 5,5% 3,6% 1,9% 2,8% 0,5% 0,6% 16% 2,8%
19,5% 9,4% 7,6% 25,9% 1,7% 6,3% 4,4% 2,3% 3,3% 0,8% 0,9% 18% 6,4%
12,6% 33,6% 2,4% 7,2% 6,8% 3,3% 3,8% 1,3% 2,6% 26,5% 11%
Ibope 17–19 Mar 1.001 24% 9% 18% 2% 6% 3% 2% 3% 0% 34% 6%
Badra 8–10 Jan 2.408 1,5% 0,8% 1,7% 1,3% 3,7% 0,9% 0,3% 0,3% 0,2% 0,2% 2,5% 0,3% 7,2% 79,1% 3,5%
16% 7,6% 8,1% 13% 11,2% 1,5% 4,3% 1,7% 1,4% 4% 2% 1,2% 0,6% 27,4% 3%
Eleição de 2016 2 Out 13,64% 10,14% 53,29% 3,18% 16,7% 3,04% 16,64 36,59%

2019[editar | editar código-fonte]

Fonte Data(s)
conduzidas
Amostragem Celso Russomanno
Republicanos
Datena
MDB
Márcio França
PSB
Marta Suplicy
MDB
Bruno Covas
PSDB
João Doria Jr.
PSDB
Joice Hasselmann
PSL
Guilherme Boulos
PSOL
Luiza Erundina
PSOL
Andrea Matarazzo
PSD
Tabata Amaral
PDT
Jilmar Tatto
PT
Fernando Haddad
PT
Outros Abst.
Indec.
Vantagem
XP/Ipespe 30 Set–2 Out 1.000 19% 22% 11% 10% 7% 3% 3%
Paraná Pesquisas 20–24 Set 1.220 22,1% 11,6% 9,6% 7,2% 4,2% 2,7% 2% 0,6% 16,1 10,5%
30,7% 13,3% 12% 8,1% 4,5% 3,5% 3,2% 2,5% 1,3% 20,9% 7,4%
22,4% 21,3% 12% 9,6% 7,2% 4,7% 2,7% 2,9% 0,9% 16,3% 1,1%
Eleição de 2016 2 Out 13,64% 10,14% 53,29% 3,18% 16,7% 3,04% 16,64 36,59%

Debates televisionados[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Data[79] Organizador(es) Covas
(PSDB)
Russomanno
(Republicanos)
Tatto
(PT)
Hasselmann
(PSL)
Matarazzo
(PSD)
França
(PSB)
Orlando
(PCdoB)
Boulos
(PSOL)
Arthur
(Patriota)
Sabará
(NOVO)
Helou
(REDE)
Fidelix
(PRTB)
Vera Lúcia
(PSTU)
Silva
(PCO)
1.º de outubro Bandeirantes São Paulo Convidado Convidado Convidado Convidada Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Não convidado Não convidado Não convidado Não convidado
23 de outubro RedeTV! São Paulo Convidado Convidado Convidado Convidada Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Não convidado Não convidado Não convidado Não convidado
31 de outubro SBT São Paulo Convidado Convidado Convidado Convidada Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Não convidado Não convidado Não convidado Não convidado
8 de novembro RecordTV São Paulo Convidado Convidado Convidado Convidada Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Não convidado Não convidado Não convidado Não convidado
9 de novembro CNN Brasil[80] Convidado Convidado Convidado Convidada Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Não convidado Não convidado Não convidado Não convidado
12 de novembro Globo São Paulo Convidado Convidado Convidado Convidada Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Convidado Não convidado Não convidado Não convidado Não convidado


Referências

  1. «Bruno Covas tem câncer no estômago com metástase». O Estado de Minas. 29 de outubro de 2019 
  2. «Câmara aprova o adiamento das eleições 2020 para novembro». noticias.uol.com.br. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  3. «TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano». Agência Brasil. 4 de junho de 2020. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  4. «Congresso promulga emenda que extingue coligações em 2020 e cria cláusula de barreira». G1. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  5. «Brasil pode ultrapassar a marca de um milhão de candidatos nas eleições 2020». Brasil de Fato. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  6. «Eleição nas capitais terá esquerda dividida, bolsonaristas isolados e novo xadrez de alianças». Folha de S.Paulo. 12 de julho de 2020. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  7. «João Doria, do PSDB, é eleito governador de São Paulo». G1. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  8. «Bruno Covas assume prefeitura de São Paulo e diz que seguirá plano de Doria». Agência Brasil. 9 de abril de 2018. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  9. «Bruno Covas assume prefeitura sob pressão de carreira política discreta». Folha de S.Paulo. 6 de abril de 2018. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  10. a b c «Diogo Schelp - Com direita "superlotada", eleições em São Paulo prometem fogo cruzado». noticias.uol.com.br. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  11. «Ex-tucano Andrea Matarazzo quer ser a aposta do bolsonarismo». Exame. 17 de fevereiro de 2020. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  12. Matos, Alisson (12 de setembro de 2020). «Estamos em outro campo, diz vice de Márcio França sobre PT». CartaCapital. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  13. «Escolha de vice pode tirar Bruno Covas do 'centro radical' - Política». Estadão. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  14. «Convenções partidárias serão realizadas de 31 de agosto a 16 de setembro». www.tse.jus.br. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  15. «PSD oficializa candidatura de Andrea Matarazzo à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  16. «PRTB oficializa candidatura de Levy Fidelix à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  17. «PSL oficializa candidatura da deputada Joice Hasselmann à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  18. «Covas ganha apoio oficial do DEM e fala em 'nossa caminhada para a vitória'». noticias.uol.com.br. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  19. «Cidadania decide apoiar candidatura de Bruno Covas à reeleição para a Prefeitura de SP». G1. 3 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  20. «Partido Novo oficializa candidatura de Filipe Sabará à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  21. Nathan Lopes (31 de agosto de 2020). «Convenções começam com partidos de olho em Covas e Marta em SP». UOL. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  22. «PSOL oficializa candidatura de Guilherme Boulos à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  23. «PCdoB oficializa candidatura de Orlando Silva à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  24. «PV decide apoiar candidatura de Bruno Covas à reeleição para a Prefeitura de SP». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  25. «PL decide apoiar candidatura de Bruno Covas à reeleição para a Prefeitura de SP». G1. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  26. Walace Lara (7 de setembro de 2020). «Patriota oficializa candidatura de Arthur do Val à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  27. Marcel Lopes (7 de setembro de 2020). «Democracia Cristã decide apoiar candidatura de Joice Hasselmann à Prefeitura e SP». G1. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  28. Nathan Lopes (8 de setembro de 2020). «Rede lança deputada Marina Helou pré-candidata a prefeita de São Paulo». UOL. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  29. «PSC decide apoiar candidatura de Bruno Covas à reeleição para a Prefeitura de SP». G1. Consultado em 11 de setembro de 2020 
  30. «Podemos decide apoiar candidatura de Bruno Covas à reeleição para a Prefeitura de SP». G1. 10 de setembro de 2020. Consultado em 11 de setembro de 2020 
  31. «PROS decide apoiar candidatura de Bruno Covas à reeleição para a Prefeitura de SP». G1. 10 de setembro de 2020. Consultado em 11 de setembro de 2020 
  32. Marian Pinhoni (11 de setembro de 2020). «MDB oficializa apoio à candidatura de Bruno Covas em SP e confirma vereador Ricardo Nunes como candidato a vice». G1. Consultado em 11 de setembro de 2020 
  33. «PSB oficializa candidatura de Márcio França à Prefeitura de SP». G1. 11 de setembro de 2020. Consultado em 11 de setembro de 2020 
  34. «PSDB vai oficializar candidatura de Covas com apoio de 9 partidos». R7. 11 de setembro de 2020. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  35. Ricardo Galhardo (12 de setembro de 2020). «Isolado, PT lança Jilmar Tatto à Prefeitura de São Paulo». Terra. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  36. «PSB oficializa candidatura do ex-governador Márcio França à prefeitura paulistana». Diário do Poder. 11 de setembro de 2020. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  37. a b «PMN oficializa apoio à candidatura de Márcio França à Prefeitura de São Paulo». G1. 12 de setembro de 2020. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  38. Paulo Gomes (12 de setembro de 2020). «PTB oficializa candidatura de Marcos da Costa à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  39. a b Giba Bergamin Jr. (16 de setembro de 2020). «Republicanos oficializa candidatura de Celso Russomanno à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  40. «PCO oficializa candidatura de Antonio Carlos à Prefeitura de São Paulo». G1. 12 de setembro de 2020. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  41. «PSTU oficializa a candidatura de Vera Lúcia à Prefeitura de São Paulo». G1. 12 de setembro de 2020. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  42. Paulo Gomes (13 de setembro de 2020). «PTC retira candidatura de Antônio Ribas Paiva à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  43. «PTC é décimo partido a anunciar apoio à reeleição de Covas em SP». noticias.uol.com.br. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  44. «Solidariedade oficializa apoio à candidatura de Márcio França à Prefeitura de São Paulo». G1. 13 de setembro de 2020. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  45. Marcel Lopes (14 de setembro de 2020). «Avante oficializa apoio à candidatura de Márcio França à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 15 de setembro de 2020 
  46. «Para apoiar Guilherme Boulos, PCB desiste de candidatura em SP». Carta Capital. 13 de setembro de 2020. Consultado em 15 de setembro de 2020 
  47. Murilo Silva (15 de setembro de 2020). «Rede Sustentabilidade oficializa candidatura de Marina Helou à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  48. «Progressistas decide apoiar candidatura de Bruno Covas à reeleição para a Prefeitura de SP». G1. 16 de setembro de 2020. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  49. «PMB adia decisão de apoio a candidato a prefeito em SP». G1. 16 de setembro de 2020. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  50. «PMB declara apoio à candidatura de Marcio França em São Paulo». ISTOÉ Independente. 24 de setembro de 2020. Consultado em 26 de setembro de 2020 
  51. «Partido Unidade Popular decide apoiar candidatura de Guilherme Boulos à Prefeitura de SP». G1. 16 de setembro de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  52. «PSD oficializa candidatura de Andrea Matarazzo à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  53. «Entrevista com Antônio Carlos, pré-candidato a prefeito de SP». Diário Causa Operária. 3 de setembro de 2020. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  54. «Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais». divulgacandcontas.tse.jus.br. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  55. «Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais». divulgacandcontas.tse.jus.br. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  56. Venceslau, Pedro (4 de fevereiro de 2020). «Covas contrata marqueteiro e fecha com 5 partidos». O Estado de S. Paulo. Consultado em 12 de junho de 2020 
  57. «Painel: Vereador Ricardo Nunes, do MDB, será vice na chapa de Bruno Covas». Folha de S.Paulo. 11 de setembro de 2020. Consultado em 11 de setembro de 2020 
  58. Tribunal Superior Eleitoral (12 de setembro de 2020). «Ata de Convenção Municipal do Partido PSDB». DivulgaCandContas. Consultado em 15 de setembro de 2020 
  59. Lopes, Nathan (7 de agosto de 2020). «Republicanos decide lançar Russomanno para disputar a Prefeitura de SP». UOL Notícias. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  60. Bergamin Júnior, Giba (16 de setembro de 2020). «Republicanos oficializa candidatura de Celso Russomanno à Prefeitura de São Paulo». São Paulo - G1. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  61. Venceslau, Pedro (18 de novembro de 2019). «Novo escolhe Filipe Sabará para disputar prefeitura em 2020». O Estado de S. Paulo. Consultado em 12 de junho de 2020 
  62. «Rejane Gambin e Marina Santos são aprovadas no Processo Seletivo do NOVO para vice-prefeitas de Joinville e São Paulo». NOVO. 12 de fevereiro de 2020. Consultado em 23 de julho de 2020 
  63. «PSOL inicia prévias democráticas para definir candidatura à Prefeitura de São Paulo». PSOL - Partido Socialismo e Liberdade. 9 de março de 2020 
  64. «Na disputa pela prefeitura de SP, Boulos recebe apoio de 40 pré-candidatos a vereador do PSOL». Revista Fórum. 13 de julho de 2020. Consultado em 15 de julho de 2020 
  65. Tribunal Superior Eleitoral (15 de setembro de 2020). «Ata de Convenção Municipal do Partido PCB». DivulgaCandContas. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  66. «PCB desiste de candidatura em SP para apoiar Guilherme Boulos - Política». Estadão. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  67. «Partido Unidade Popular decide apoiar candidatura de Guilherme Boulos à Prefeitura de SP». Eleições 2020 em São Paulo - G1. 16 de setembro de 2020. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  68. «PT escolhe Jilmar Tatto como pré-candidato à prefeitura de São Paulo». G1. 16 de maio de 2020 
  69. Miazzo, Leonardo (17 de setembro de 2020). «PT escolhe Carlos Zarattini como vice de Jilmar Tatto em SP». CartaCapital. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  70. «Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais». divulgacandcontas.tse.jus.br. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  71. Miranda, Cássia (9 de fevereiro de 2020). «Levy Fidelix se lança à prefeitura de São Paulo». BR Político 
  72. «PRTB oficializa candidatura de Levy Fidelix à Prefeitura de São Paulo». G1. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  73. Povo, O. (8 de setembro de 2020). «Deputada estadual Marina Helou disputará Prefeitura de SP pela Rede». Politica. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  74. Fortuna, Bruno (12 de março de 2020). «PDT e PSB fecham aliança nacional e lançam Márcio França à prefeitura de São Paulo». PDT Nacional 
  75. Segundo, iG Último (25 de agosto de 2020). «Avante vai compor aliança com Márcio França; Covas lidera apoio». Último Segundo. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  76. Paraná, Jornal Bem. «Solidariedade vai anunciar apoio a França em SP; Marta pode deixar partido - Bem Paraná». www.bemparana.com.br. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  77. Costa, Vinicius (25 de setembro de 2020). «Partido da Mulher Brasileira (PMB) anuncia apoio à chapa Márcio França/Antonio Neto». PDT/SP. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  78. Cintra, André (16 de março de 2020). «PCdoB lança pré-candidatura de Orlando Silva a prefeito de São Paulo». Portal Vermelho 
  79. «Eleições 2020: Veja datas dos debates entre candidatos à Prefeitura de São Paulo - Política». Estadão. Consultado em 19 de setembro de 2020 
  80. «Mauricio Stycer - CNN Brasil vai fazer debates com candidatos a prefeito em SP e no Rio». www.uol.com.br. Consultado em 20 de setembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]