Eleição municipal de São Paulo em 1965

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde julho de 2016).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

O contexto histórico em São Paulo no ano de 1965 era conturbado devido ao regime militar instaurado na cidade, e após ela as próximas eleições só ocorreram depois de 20 anos. Ainda com cédulas de papel, a apuração ocorreu no Pavilhão Internacional do Parque Ibirapuera,onde as urnas foram transportadas e os trabalhos começaram um dia depois das votações ocorrerem, às 8 horas da manhã.

A eleição foi disputada por oito candidatos: Auro Soares de Mora Andrade (Partido Social Democrático, em coligação com o Partido Social Progressista), O vice governador Laudo Natel (Partido Libertador), o deputado federal Franco Montoro (Partido Democrata Cristão, em coligação com o Partido Socialista Brasileiro), José Vicente Faria Lima (Movimento Trabalhista Renovador, em coligação com o Partido Republicano), o senador Juvenal Lino de Matos (Partido Trabalhista Brasileiro, em coligação com o Partido Trabalhista Nacional), o deputado estadual Januário Mantelli Neto (Partido Rural Trabalhista), o engenheiro Paulo Egydio Martins (União Democrática Nacional) e o deputado estadual Pedro Geraldo Costa (Partido Social Trabalhista).

Além da escolha do prefeito, os eleitores votaram também no Vice-Prefeito, que foi disputado entre: David Lerer (PSB), José Cirilo (Partido da Representação Popular), Leôncio Ferraz Junior (MTR/PR), Manoel Figueiredo Ferraz (PSD/PSP), Mário Osassa (PRT), e Mário Teles (PR).

A Eleição Municipal de São Paulo em 1965 ocorreu em 21 de março de 1965, um domingo. Como era previsto no calendário eleitoral da época, foram eleitos o Prefeito e o Vice-Prefeito.

Resultado (Prefeito)[editar | editar código-fonte]

Candidato Partido/Coligação Votos
Faria Lima MTR / PR 463.634 Eleito
Laudo Natel PL 188.737
Auro de Moura Andrade PSP / PSD 126.822
Pedro Geraldo Costa PST 94.039
Paulo Egydio Martins UDN 89.546
Franco Montoro PDC / PSB 52.026
Lino de Matos PTB / PTN 34.950
Januário Mantelli Neto PRT 17.886
Votos em branco 33.877
Votos nulos 62.522
Total de votos 1.026.588
Fonte(s): [1] [2]

Candidato Eleito[editar | editar código-fonte]

José Vicente Faria Lima venceu a eleição de prefeito de São Paulo no ano de 1965 com 463.434 dos votos. Nasceu no Rio de Janeiro, dia 7 de outubro de 1909, além de político também era um aviador militar. Foi chefe da comissão da Aeronáutica dos Estados Unidos e Comandante do Campo de marte.

Dentre suas ações ao longo de seu mandato podemos citar a promoção do alargamento e duplicação da rua da Consolação, e as avenidas: Rebouças, Sumaré, Pacaembú, Cruzeiro do Sul e Rio Branco, e diversas obras como a marginal Tietê e Pinheiros , Radial Leste, Vinte Três de Maio, além da iniciação das obras do metrô de São Paulo em 1968.

Após a sua morte em 4 de setembro de 1969, a avenida que se chamaria Radial Oeste, recebeu o nome de Avenida Brigadeiro Faria Lima em sua homenagem.

Resultado (Vice-Prefeito)[editar | editar código-fonte]

Candidato Partido/Coligação Votos
Leôncio Ferraz Júnior PR/MTR 310.889 Eleito
Mário Teles PL 184.512
Manoel Martins de Figueiredo Ferraz PSP/PSD/PST 158.391
David José Lerer PSB 108.280
Renato Ferrari PDC 70.896
Mário Osassa PDC 45.992
José Ferreira Alves Cirillo PRP 30.021
Votos em branco 163.227
Votos nulos 65.703
Total de votos 1.026.588
Fonte(s): [3] [4] [5]

Referências[editar | editar código-fonte]

http://www.tre-sp.jus.br/eleicoes/eleicoes-anteriores/sistema-paulistica

http://acervo.folha.uol.com.br/fsp/1965/03/23/#