Wilson Miranda Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o ex-governador do Distrito Federal, veja Wilson Lima.
Wilson Lima
Wilson Miranda Lima
49º Governador do  Amazonas
Período 1 de janeiro de 2019
à atualidade
Vice-governador Carlos Almeida
Antecessor Amazonino Mendes
Dados pessoais
Nome completo Wilson Miranda Lima
Nascimento 26 de junho de 1976 (43 anos)
Santarém, PA[1]
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Maria Miranda Lima
Pai: José Lins de Lima
Alma mater Centro Universitário Nilton Lins[2]
Cônjuge Taiana Lima[3]
Partido PV (2012-2016)
PR (2016-2017)
MDB (2017)
PSC (2018-atualmente)
Religião Cristão
Profissão Jornalista, redator e radialista
linkWP:PPO#Brasil

Wilson Miranda Lima (Santarém, 26 de junho de 1976),[4][1] é um jornalista e político brasileiro. Filiado ao Partido Social Cristão (PSC), é o atual governador do estado do Amazonas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de José Lins de Lima, já falecido, e de Maria Miranda Lima, Wilson Lima é natural do município de Santarém, no Pará, mas mudou-se para Manaus, no Amazonas, aos 30 anos de idade.[5]

Começou a trabalhar aos 15 anos como professor de inglês[6] e locutor de rádio em Itaituba, no Pará, onde também foi apresentador de televisão.[5] Com 17 anos de idade, fez um curso de Gestão Turística e foi trabalhar numa agência de viagens, experiência que o levou a ser assessor técnico da Secretaria de Turismo da Prefeitura de Itaituba por quatro anos.[6] Em Santarém, começou a carreira como repórter na TV Tapajós, filiada à Rede Globo e, em 2006, mudou-se para Manaus para trabalhar como repórter e apresentador de rádio.[5]

Bacharel em Comunicação social com habilitação em Jornalismo pelo Centro Universitário Nilton Lins (2011), entre 2010 e 2018, Wilson Lima apresentou o programa Alô Amazonas, da TV A Crítica, ex-afiliada da Rede Record e líder de audiência no estado amazonense.[5][7]

Além disso, Wilson Lima é casado com a professora Taiana Lima e é pai de dois filhos, frutos de um relacionamento anterior: Ugo e Úrsula.[5]

Trajetória política[editar | editar código-fonte]

Wilson Lima iniciou sua trajetória política em 2012, quando filiou-se ao Partido Verde (PV), legenda em que permaneceu por quatro anos. Em 2016, mudou sua filiação para o Partido da República (PR), deixando a legenda para filiar-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) apenas um ano depois. Em 2018, porém, mudou de partido mais uma vez, filiando-se ao Partido Social Cristão (PSC) na qual concorreu ao governo do estado ainda no mesmo ano.[8]

Em 15 de março de 2018, decidiu disputar um cargo eletivo pela primeira vez ao lançar sua pré-candidatura para governador do estado do Amazonas.[9] Ao lado do defensor público Carlos Almeida (PRTB), candidato a vice, Wilson Lima oficializou sua candidatura em 13 de agosto de 2018,[10] em uma chapa composta inicialmente pelo Rede Sustentabilidade (REDE), formando a coligação Transformação para um novo Amazonas.[11]

Na primeira pesquisa IBOPE, Wilson Lima obteve 19% dos votos, atrás apenas do governador Amazonino Mendes (PDT), que obteve 29%.[12] Na última pesquisa antes do primeiro turno, obteve 32% dos votos válidos, contra 35% do atual governador.[13] No dia 7 de outubro de 2018, primeiro turno das eleições gerais no Brasil, alcançou a marca de 33,73% dos votos válidos contra 32,74% de Amazonino Mendes e 23,59% de David Almeida (PSB), sendo impulsionado pela busca da renovação na política e pelo apoio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).[14]

No segundo turno das eleições, Wilson Lima recebeu apoio do Partido Socialista Brasileiro[15] e do Partido da Mobilização Nacional, que compunham a chapa de David Almeida e Chico Preto como candidatos ao governo do estado.[16] Angariando a soma de 1.033.954 votos, o equivalente a 58,50% dos votos válidos, Wilson Lima foi eleito como o 49º governador do Amazonas, vencendo a disputa no segundo turno contra Amazonino Mendes, que obteve 733.366 votos (41,50% dos votos válidos).[17]

Desempenho em eleições[editar | editar código-fonte]

Ano Eleição Coligação Partido Candidato a Votos % Resultado
2018 Estadual no Amazonas PSC/PRTB/REDE PSC Governador 596.585 (1º - Primeiro turno) 1.033.954 (1º - Segundo turno) 33,73% (Primeiro turno) 58,5% (Segundo turno) Eleito

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.