Departamento de Águas e Energia Elétrica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) é uma autarquia do governo do estado de São Paulo. Foi criada em 12 de dezembro de 1951, pelo governador Lucas Nogueira Garcez, e é responsável pelo gerenciamento dos recursos hídricos do Estado de São Paulo[1][2].

O modelo para sua criação foi a Tennessee Valley Authorithy, estabelecida nos Estados Unidos em 1933 pelo presidente Franklin Roosevelt. Assim como a agência americana, deveria ser um órgão capaz de gerir o planejamento do uso da água de uma forma geral em todo o estado[3].

Foi responsável, entre outras, pela construção das usinas hidrelétricas Limoeiro, mais tarde renomeada Armando de Salles Oliveira (1953), e Euclides da Cunha (1954), ambas no Rio Pardo[4].

Em 1964, promoveu a retificação do Rio Tietê, onde mais tarde criou o Parque Ecológico[5].

Referências

  1. Órgãos do Estado de São Paulo. Projeto Qualidade das Águas e Controle da Poluição Hídrica - UFRJ
  2. Lei N. 1.350, de 12 de dezembro de 1951. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo
  3. ESPECIAL DAEE - Uma agenda integrada para cuidar das águas. Parque Ecológico do Tietê
  4. História da empresa - CESP
  5. Histórico do Parque Ecológico do Tietê

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre administração pública é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.