Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Fundada em 1975, a Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa) é a empresa do governo do estado de São Paulo responsável por todo o planejamento da Região Metropolitana de São Paulo.[1] Realiza estudos, planejamentos, pesquisas e levantamento de informações a fim de auxiliar as secretárias de estado em projetos. Assim que as regiões metropolitanas da Baixada Santista e de Campinas foram criadas, a Emplasa começou a atuar também nestas áreas.[1]

Na década de 1970, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo fez parte da Emplasa como um departamento.

Em Maio de 2019, a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou um projeto para a extinção e fusão de algumas das estatais paulistas. No caso da Emplasa, foi legislada sua extinção, sendo suas funções repassadas para a Secretaria de Governo e Secretaria de Desenvolvimento Regional do governo estadual de São Paulo.[2]

Referências

  1. a b Maglio, Ivan (12 de junho de 2019). «Por que desmontar a estrutura da Emplasa?». jornal.usp.br. Jornal da USP. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  2. «Assembleia Legislativa aprova projeto de Doria para enxugar estatais». Folha de S.Paulo. 15 de maio de 2019. Consultado em 11 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.