Antônio Salim Curiati

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Salim Curiati
Salim Curiati
41° Prefeito de São Paulo
Período 14 de maio de 1982
até 14 de março de 1983
Antecessor(a) Reinaldo de Barros
Sucessor(a) Francisco Altino Lima
Deputado Estadual de São Paulo
Período 1.º - 12 de março de 1967
até 15 de março de 1971
10º - 15 de março de 2015
até atualidade
Deputado Federal de São Paulo
Período 1 de fevereiro de 1987
até 31 de janeiro de 1991
Dados pessoais
Nascimento 13 de fevereiro de 1928 (90 anos)
Avaré, São Paulo
Partido PP
Profissão Médico, Político

Antônio Salim Curiati nasceu em Avaré-SP em 13 de fevereiro de 1928. Médico e corretor de imóveis, foi prefeito de São Paulo, deputado federal e deputado estadual - cargo que exerce atualmente[1].

Filho de imigrantes libaneses (Salim Antônio Curiati e Asma Ghabi Curiati), cursou o primário no Grupo Escolar “Matilde Vieira” em Avaré. Estudou em São Paulo no Colégio Marista Arquidiocesano, na Escola Paulista de Medicina e na Santa Casa de Misericórdia, onde especializou-se em oftalmologia e otorrinolaringologia. Foi médico sanitarista e chefe do Centro de Saúde em Avaré por 13 anos[2].

Foi eleito deputado estadual em São Paulo pela primeira vez em 1966, deputado federal de 1987 a 1991, durante a Assembleia Constituinte que promulgou a Carta Magna de 1988[1]. Em 2014, foi eleito para seu décimo mandato como deputado estadual, seu último cargo na política por ter decidido se aposentar[3].

Foi também Prefeito de São Paulo entre 14 de maio de 1982 e 14 de março de 1983. Sem votação direta, chegou ao cargo mediante nomeação do então governador do estado Paulo Maluf, ficando conhecido como o "Prefeito do Povo"[4].

Além disso, ocupou os cargos de Secretário Estadual da Promoção Social no Governo de Paulo Maluf entre 1979 e 1982, Secretário Municipal da Família e Bem Estar Social (1993/1994) e Secretário Municipal de Assuntos Comunitários (1995/1998)[5].

De 1966 a 1979, foi filiado ao partido ARENA. Com a reorganização política em 1979, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS), que deu continuidade ao ARENA[1]. Atualmente, é um dos principais nomes do Partido Progressista em São Paulo[5].

Em 40 anos, apresentou 483 projetos de lei, sendo o primeiro (1967) para criar a Faculdade de Engenharia de Avaré, projeto que não avançou e foi arquivado em 2017. O último foi proposto em 2017 para classificar 20 municípios como de interesse turístico, tornando-se lei em maio de 2018[3].

É casado com Jeannette Esper e tem cinco filhos[2], entre eles Antônio Salim Curiati Junior, vereador paulistano eleito em 2000 e 2016[6].

Referências

  1. a b c «Conheça os Deputados». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 18 de setembro de 2018. 
  2. a b «Projeto de Decreto Legislativo» (PDF). Câmara Municipal de São Paulo. 1992. Consultado em 18 de setembro de 2018. 
  3. a b «Após dez mandatos, decano se aposenta e tenta eleger o filho - Política - Estadão». Estadão 
  4. «Biografia dos deputados eleitos em outubro/2010 - Antonio Salim Curiati». Jusbrasil 
  5. a b «Alesp». www.al.sp.gov.br. Consultado em 18 de setembro de 2018. 
  6. Seade, Fundação. «Fundação Seade». Fundação Seade. Consultado em 18 de setembro de 2018. 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Antônio Salim Curiati
Precedido por
Reinaldo de Barros
Prefeito de São Paulo
19821983
Sucedido por
Francisco Altino Lima