Walther Wever (general)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Walther Wever
Nascimento 11 de novembro de 1887
Morte 3 de junho de 1936 (48 anos)
Dresden
Cidadania Alemanha
Ocupação aviador, militar
Prêmios Cruz de Mérito Militar de Terceira Classe, Cruz de Ferro, Estrela de Galípoli, Ordem de Alberto, Ordem de Frederico

Walther Wever (Wilhelmsort, 11 de Novembro de 1887Dresda-Klotzsche, 3 de Junho de 1936) foi o primeiro comandante da Luftwaffe, exercendo funções até ao dia do seu falecimento, chegando ao posto de Tenente-general. Era um defensor da teoria de bombardeamento estratégico como meio de empregar uma guerra aérea. Morreu num desastre aéreo em 1936,[1] morrendo com ele a vontade da Luftwaffe em construir uma força de bombardeiros estratégicos.

Foi uma figura muito importante na redacção da "Conduta da Guerra Aérea", uma linha de regras e procedimentos nos quais a Luftwaffe deveria actuar. Contra a maior parte da Luftwaffe, defendeu a necessidade de desenvolvimento e produção de bombardeiros estratégicos, criando concursos como o Bombardeiro Ural.[2] Após a sua morte e substituição no comando da Luftwaffe, a sua linha de pensamento foi abandonada.

O seu filho, também chamado Walther Wever, tornar-se-ia num ás da aviação durante a Segunda Guerra Mundial.[3]

Referências

  1. «Walter Wever». www.luftwaffe39-45.historia.nom.br. Consultado em 24 de abril de 2016 
  2. «General Walther Wever». Aeroflight. Consultado em 24 de abril de 2016 
  3. «Aces of the Luftwaffe - Walter Wever». www.luftwaffe.cz. Consultado em 24 de abril de 2016 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Walther Wever