What/If

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
What/If
What/If (PT)
Dilema (BR)
Informação geral
Formato série
Gênero Antologia
Suspense
Duração 44–56 minutos
Criador(es) Mike Kelley
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) Stephen Sassen
Produtor(es) executivo(s)
Editor(es) Mark Manos
Cinematografia Jeffrey C. Mygatt
Câmera Câmera única
Distribuição Netflix
Elenco
Empresa(s) produtora(s)
Exibição
Emissora original Netflix
Formato de exibição 4K (16:9 UHDV em high dynamic range)
Formato de áudio Dolby Digital
Transmissão original 24 de maio de 2019 (2019-05-24)
Temporadas 1
Episódios 10
Cronologia
Programas relacionados Revenge

What/If (estilizada como WHAT / IF) é uma minissérie de suspense americana, criada por Mike Kelley, que estreou em 24 de maio de 2019 na Netflix.[1] É estrelada por Renée Zellweger, Jane Levy, Blake Jenner, Daniella Pineda, Keith Powers, Samantha Ware, Dave Annable, Saamer Usmani, John Clarence Stewart e Louis Herthum.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Renée Zellweger interpreta Anne Montgomery, uma temida e renomada capitalista de risco que promete investir US$ 80 milhões na empresa de biotecnologia da jovem pesquisadora Lisa Donovan (Jane Levy) em troca de uma noite sozinha com seu marido, Sean (Blake Jenner).[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Regular[editar | editar código-fonte]

Recorrente[editar | editar código-fonte]

  • Derek Smith como Kevin
  • Nana Ghana como Sophie
  • Monique Kim como Miles
  • Marissa Cuevas Christine
  • Allie MacDonald como Maddie Carter
  • Gabriel Mann como Gage Scott[3]

Participações[editar | editar código-fonte]

Episódios[editar | editar código-fonte]

Parte 1 (2019)[editar | editar código-fonte]

TítuloDirigido porEscrito porExibição original
1 "Pilot"
"Piloto"
Phillip NoyceMike Kelley24 de maio de 2019 (2019-05-24)
2 "What Now"
"E agora?"
Phillip NoyceMike Kelley24 de maio de 2019 (2019-05-24)
3 "What Happened"
"O que aconteceu?"
Russell Lee FineDavid Graziano24 de maio de 2019 (2019-05-24)
4 "What Drama"
"Que drama!"
Jessika BorsiczkyRobin Wasserman24 de maio de 2019 (2019-05-24)
5 "What Next"
"O que vem agora?"
Fernando Coimbra e Jill MaxcyBlair Singer24 de maio de 2019 (2019-05-24)
6 "What History"
"Que história?"
Joanna KernsBrenna Kouf24 de maio de 2019 (2019-05-24)
7 "What Ghosts"
"Fantasmas"
David RodriguezElizabeth Benjamin24 de maio de 2019 (2019-05-24)
8 "What Secrets"
"Segredos"
Maggie KileyBlair Singer e Mike Kelley24 de maio de 2019 (2019-05-24)
9 "WTF"
"Que porra é essa?"
J. Miller TobinDavid Graziano e Robin Wasserman24 de maio de 2019 (2019-05-24)
10 "What Remains"
"O que resta?"
Randy ZiskMike Kelley24 de maio de 2019 (2019-05-24)

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 17 de agosto de 2018, foi anunciado que a Netflix tinha dado a produção, criada por Mike Kelley, uma ordem de série para uma primeira temporada consistindo de dez episódios. Kelley também estava preparada para escrever a série e produção executiva ao lado de Melissa Loy, Alex Gartner, Charles Roven, Robert Zemeckis e Jack Rapke. Além disso, Jackie Levine foi designado para ser produtor co-executivo. As empresas de produção envolvidas com a série são a Page Fright, a Atlas Entertainment, a Compari Entertainment e a Warner Bros. Television.[4]

Seleção de elenco[editar | editar código-fonte]

Juntamente com o anúncio da série, foi confirmado que Renée Zellweger havia sido escalada para o papel principal da série.[5] Em agosto de 2018, foi anunciado que Jane Levy e Blake Jenner haviam sido escalados em papéis principais.[6][7] Em setembro do mesmo ano, foi relatado que Samantha Ware, Juan Castano, Keith Powers, Saamer Usmani, Dave Annable e Louis Herthum foram escalados para a série.[8][9] Em dezembro de 2018, foi anunciado que Daniella Pineda havia se juntado ao elenco principal em um papel regular na série e que Tyler Ross, Derek Smith, Nana Gana, Monique Kim e Marissa Cuevas apareceriam em papéis recorrentes.[10][11]

Recepção[editar | editar código-fonte]

A série tem 42% de aprovação no Rotten Tomatoes, com nota 5,35/10 baseada em 33 avaliações. O consenso geral diz que "uma performance delirantemente deliciosa de Renée Zellweger não pode salvar What/If de sua própria mediocridade, mas cara, ela é divertida de assistir".[12]

Beatriz Amendola do portal Uol escreveu: "Renée Zellweger cria uma vilã poderosa que é uma delícia de se assistir em meio a um elenco, no mínimo, pouco inspirado".[13]

Kristen Baldwin da EW deu nota "B" e disse que "What/If só serve para destacar o desempenho de Zellweger. Muito parecido com Madeleine Stowe em Revenge, ela comanda a tela com condescendência régia, entregando cada fala em um murmúrio ofegante e estridente. O que quer que a tenha levado a dizer sim a essa aventura bizarra (além, você sabe, do dinheiro), estou tremendamente feliz por ela ter concordado".[14]

Callum Crumlish do Daily Express escreveu que "embora o enredo às vezes pareça um pouco frustrante de assistir, todos os atores principais tiveram desempenhos excelentes - em particular a atriz Jane Levy. No entanto, ninguém pode superar Zellweger em What/If. Evocando a mais incrível personalidade de Miranda Priestly, ela apresenta talvez uma de suas melhores performances. Sarcástica, irritada, cruel e comedida, Zellweger é dona de absolutamente todas as cenas em que está, e obriga os espectadores a continuar assistindo simplesmente para aproveitar mais seu tempo de tela no estilo vilão de [James] Bond".[15]

Ben Travers do IndieWire chamou What/If de "um thriller ensaboado, bobo, melodramático e giratório que nunca deixa de ser divertido".[16] Sophie Gilbert do The Atlantic elogia o trabalho de Renée Zellweger para impedir que o "programa se torne esquecível". Para ela "sejam quais forem os motivos que Zellweger teve para querer assumir esse papel (e você só pode esperar que houvesse várias centenas de milhares deles), ela transforma What/If sozinha".[17]

Referências

  1. @seewhatsnext (2 de abril de 2019). «Renee Zellweger, Jane Levy, and Blake Jenner star in @what_if, a dark and twisty new series from Revenge creator Mike Kelley.» (Tweet) – via Twitter 
  2. Lucy Mangan (24 de maio de 2019). «What/If review – Renée Zellweger in deranged gender-flip of Indecent Proposal». The Guardian (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2021 
  3. Harnick, Chris (23 de abril de 2019). «What/If, Renée Zellweger's First TV Show, Looks Straight Up Sexy and a Little Frightening». Enews. Consultado em 8 de maio de 2019 
  4. «Renee Zellweger to Star in Netflix Drama Series 'What/If'». 17 de agosto de 2018. Consultado em 20 de agosto de 2018 
  5. «Renee Zellweger Heads to TV With Lead in Netflix Morality Anthology 'What/If'». 17 de agosto de 2018. Consultado em 20 de agosto de 2018 
  6. «Jane Levy To Co-Star In 'What/If' Netflix Series From Mike Kelley». 22 de agosto de 2018. Consultado em 22 de agosto de 2018 
  7. «'What/If': Blake Jenner To Star In Netflix Social Thriller Series». 31 de agosto de 2018. Consultado em 2 de setembro de 2018 
  8. «'What/If': Samantha Ware, Juan Castano, Keith Powers & Saamer Usmani Join Netflix Social Thriller Series». 4 de setembro de 2018. Consultado em 4 de setembro de 2018 
  9. «'What/If': Dave Annable & Louis Herthum Cast In Netflix Social Thriller Series». 18 de setembro de 2018. Consultado em 27 de setembro de 2018  Texto "annable-louis-herthum-cast-netflix-social-thriller-series-1202467432/" ignorado (ajuda)
  10. «Daniella Pineda Joins Netflix's 'What/If' (Exclusive)». 20 de dezembro de 2018. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  11. «'What/If': Tyler Ross, Derek Smith, Nana Ghana, Monique Kim and Marissa Cuevas To Recur In Netflix Social Thriller Series». 21 de dezembro de 2018. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  12. What/If: Part 1 Rotten Tomatoes. Consultado em 30/08/2020.
  13. "Dilema": Série da Netflix é ruim, mas impossível de parar de ver Consultado em 13/04/2020.
  14. Kristen Baldwin (21 de maio de 2019). «What/If is terrible and I can't wait to see more: EW review» (em inglês). Entertainment Weekly. Consultado em 17 de janeiro de 2021 
  15. Callum Crumlish (24 de maio de 2019). «What If on Netflix review: Renée Zellweger is incredible in slow mystery thriller» (em inglês). Daily Express. Consultado em 17 de janeiro de 2021 
  16. Ben Travers (24 de maio de 2019). «'What/If' Review: Renée Zellweger's Netflix Soap Is Exquisite, Binge-Worthy Trash» (em inglês). IndieWire. Consultado em 17 de janeiro de 2021 
  17. Sophie Gilbert (22 de maio de 2019). «The Remarkable Badness of What/If» (em inglês). The Atlantic. Consultado em 17 de janeiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]