Why Can't This Be Love

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Why Can't This Be Love"
Single de Van Halen
do álbum 5150
Lançamento 1986
Formato(s) 7" Single
12" Single
Gênero(s) Hard rock
Duração 3:47
Gravadora(s) Warner Bros. Records
Composição Alex Van Halen
Edward Van Halen
Michael Anthony
Sammy Hagar
Produção Donn Landee, Mick Jones, Van Halen
Cronologia de singles de Van Halen
"Hot for Teacher"
(1984)
"Dreams"
(1986)

"Why Can't This Be Love" é o nome do primeiro single do álbum 5150, lançado pela banda de hard rock Van Halen, em 1986.

A canção chegou a posição de número 3 na Billboard Hot 100, e ajudou o álbum 5150 a conseguir o primeiro lugar na Billboard 200, sendo o primeiro álbum da banda a conseguir a primeira posição nessa parada musical.

Faixas[editar | editar código-fonte]

7" Single
N.º Título Duração
1. "Why Can't This Be Love"   3:45
2. "Get Up"   4:35
12" Single
N.º Título Duração
1. "Why Can't This Be Love" (Extended Version) 5:00
2. "Get Up"   4:35

Posições nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

País - Parada Musical (1986) Melhor
posição
 Alemanha - Germany Top 100 Singles[1] 8
 Estados Unidos - Billboard Hot 100[2] 3
 Estados Unidos - Hot Mainstream Rock Tracks[2] 1
 Irlanda - IRMA[3] 8
 Nova Zelândia - RIANZ[4] 32
 Países Baixos - MegaCharts[5] 15
 Reino Unido - UK Singles Chart[6] 8
 Suécia - Sverigetopplistan[7] 11

Referências

  1. «Parada de Singles da Alemanha». musicline.de. Consultado em 11 de junho de 2010. 
  2. a b «Parada de Singles dos Estados Unidos». allmusic.com. Consultado em 11 de junho de 2010. 
  3. «Parada de Singles da Irlanda». irishcharts.ie. Consultado em 11 de junho de 2010. 
  4. «Parada de Singles da Nova Zelândia». charts.org.nz. Consultado em 11 de junho de 2010. 
  5. «Parada de Singles dos Países Baixos». dutchcharts.nl. Consultado em 11 de junho de 2010. 
  6. «Parada de Singles do Reino Unido». chartstats. Consultado em 11 de junho de 2010. 
  7. «Parada de Singles da Suécia». swedishcharts.com. Consultado em 11 de junho de 2010.