Wild Guns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wild Guns
Desenvolvedora(s) Natsume
Publicadora(s) Titus Software
Designer(s) Shunichi Taniguchi
Compositor(es) Hiroyuki Iwatsuki
Haruo Ohashi
Plataforma(s) Super Nintendo
Virtual Console
Data(s) de lançamento SNES
  • JP 12 de Agosto de 1994
  • AN Julho de 1995
  • EU 30 de Outubro de 1996
Virtual Console
  • AN 31 de Maio de 2010
  • PAL 13 de Agosto de 2010
Gênero(s) Jogo eletrônico de tiro
Modos de jogo Single-player
Co-operative multiplayer

Wild Guns (ワイルドガンズ?) é um jogo de faroeste, no estilo Jogo de tiro em 3a pessoa desenvolvido pela Natsume em 1994 para SNES. Posteriormente, em 2010, ele foi portado para o Nintendo Wii (Virtual Console).

O Jogo[editar | editar código-fonte]

O jogo se passa num típico cenário do velho oeste com todos os seus tradicionais elementos representados, além de um toque futurista que implementa uma série de outras parafernalhas típicas de filmes de ficção como máquinas e robôs.

No jogo você terá a opção de jogar tanto sozinho quanto em dupla e poderá escolher entre dois personagens: O cowboy Clint e a belíssima Annie (ambos os personagens possuem basicamente as mesmas habilidades). As cores das roupas dos personagens podem ser alteradas.

Basicamente, Clint e Annie podem se movimentar livremente para todas as direções em um plano 2D, porém não podem caminhar para frente ou para trás.

Ao todo o jogo possui seis fases que são subdivididas em três partes sendo que as duas primeiras possuem um mini chefão e a ultima parte é totalmente dedicada ao chefão do nível.

Um dos pontos que mais chamam a atenção em Wild Guns é a respeito dos cenários altamente ricos em detalhes. Além disso, praticamente tudo pode ser destruído com tiros.

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora do jogo foi composta por Hiroyuki Iwatsuki e Haruo Ohashi[1].

Ela é boa, com músicas empolgantes que se adaptam perfeitamente tanto aos cenários como a temática geral do jogo, deixando a jogatina ainda mais agradável.

  1. Theme of Wild Guns (00'59)
  2. Select Player (00'42)
  3. Practice (01'57)
  4. Carson City (02'44)
  5. Boss (00'56)
  6. Ammunition Depot (01'22)
  7. Gold Mine (02'35)
  8. Armored Train (01'56)
  9. Final Fight - Part 1 (01'38)
  10. Final Fight - Part 2 (02'18)
  11. Finale (02'28)

Total (19'35)

Críticas e Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Video Games & Computer Entertainment 70%
Electronic Gaming Monthly 80%
GamePro 80%
GameFAQs 8.6 (Reader Review Average)
GameFAQs 8.2 (Rating Average)

O jogo recebeu boas críticas desde o seu lançamento. Video Games & Computer Entertainment deu nota 7 (70%) e as revistas Electronic Gaming Monthly e GamePro deram nota 8 (80%).[2] No seu relançamento, em 2010, GameFAQs deu as notas 8.6 (Nota média dos leitores) e 8.2.[3]

Referências