Jogo eletrônico de tiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vg icon.svg
Jogos eletrônicos

Jogo de tiro (ou shooter) é um subgênero de jogos de ação, no qual o personagem possui uma arma com a qual pode-se atirar livremente. Testando a velocidade e tempo de reação do jogador, normalmente o objetivo de um jogo de tiro é atirar nos oponentes e passar pelas missões sem que o jogador morra. É uma categoria bastante popular e clássica na história dos jogos, com diversos subgêneros.

História[editar | editar código-fonte]

As origens do conceito de um shoot 'em up provavelmente datam do seminal Spacewar!, reconhecido como um dos primeiros videogames da história. Entretanto, foi com Space Invaders, de 1978, que o gênero realmente se tornou imensamente popular. Os princípios de um shoot 'em up já existiam em Space Invaders: atirar, destruir e desviar de tiros. Asteroids foi outro exemplo de shoot 'em up seminal extremamente popular, que proporcionava um nível de tensão incomum para um game da época. Asteroids exigia movimentos rápidos, reação rápida e reflexo, habilidades que frequentemente são requeridas em shoot 'em ups.

Características[editar | editar código-fonte]

Ha vários critérios para determinar um tipo de shooter. A seguir é listada as principais características. Com base nelas, é possível classificar praticamente todos os jogos de tiro desenvolvidos até à data:

Perspectiva[editar | editar código-fonte]

O jogador pode ver os disparos em primeira pessoa (first person shooter) ou por de uma câmera que segue o personagem a partir de uma distância e elevação (terceira pessoa/thrid person shooter). É também possível (embora rara no gênero) encontrar jogos que têm uma câmara fixa.

Realismo[editar | editar código-fonte]

Os jogos que fazem uso de elementos "realistas", como armas que existem na realidade ou uma simulação de danos ao personagem, são frequentemente chamados de jogos de tiro táticos. Aqueles que permitem mais liberdade sobre cenários, objetos ou a física do jogo são conhecidos como jogos de tiro arcade. Não há uma distinção clara entre os dois tipos, sendo a maioria dos shooters uma mistura entre ambos.

Número de personagens[editar | editar código-fonte]

Enquanto a maioria dos atiradores são jogados com um único personagem, alguns oferecem a oportunidade de controlar um grupo de personagens; geralmente comandando um e dando ordens aos outros. Os jogos em que um grupo de personagens ajudam ao principal, mas eles não são gerenciáveis, não são considerados jogos de grupo.

Multijogador[editar | editar código-fonte]

Esta é a característica principal (nos últimos tempos) que fazem este tipo de jogos mais populares. Se o atirador faz uso de internet, podem ser categorizados em uma série de divisões: jogos da equipe são aqueles em que cada jogador é atribuído a uma equipa de vários (dois ou mais) para alcançar um objetivo. Para isso, os jogadores participam de uma mesma equipe, mas cada um tem sua pontuação. Jogos cooperativos têm muitos jogadores que jogam em companhia para alcançar os objetivos e pontuação juntos. Em jogos individuais, todos os jogadores competem uns contra os outros. Alguns jogos permitem que você escolha o modo de jogo que você quer jogar entre estes três tipos.

Temática[editar | editar código-fonte]

É uma maneira opcional para classificar um jogo de tiro, mas às vezes é necessário fazer a distinção. Um jogo de tiro pode estar focado à infiltração em vez da ação. Outros podem ter elementos de horror.

Subgêneros[editar | editar código-fonte]

Tiro em primeira pessoa[editar | editar código-fonte]

Tiro em primeira pessoa (FPS: First Person Shooter) é o gênero em que se vê do ponto de vista do personagem (ou seja, aparecem as mãos do personagem empunhando sua arma). Jogos notáveis:

Tiro em terceira pessoa[editar | editar código-fonte]

Tiro em terceira pessoa (TPS: Third Person Shooter) é o gênero em que se vê o personagem por trás. Jogos notáveis:

Shoot 'em up[editar | editar código-fonte]

Shoot 'em up ("atire neles"; por vezes contraído em shmup) é o gênero em que se controla pouco o personagem – geralmente uma espaçonave – e tem-se que destruir todos os elementos da tela. Foi extremamente popular ao longo dos anos 1980, considerada a Era de Ouro para os arcades, tornando-se então cada vez mais restrito a um status cult a partir da segunda metade da década de 1990[carece de fontes]. O gênero permanece vivo primariamente no Japão, e também através de desenvolvedores independentes de games (indies). Jogos notáveis:

Rail shooter[editar | editar código-fonte]

Rail shooter (atirador em trilho) é o jogo em que apenas tem de se direcionar aonde se atira: o movimento se faz sozinho. Jogos notáveis:

Plataforma tiro[editar | editar código-fonte]

Há também jogos que combinam elementos plataforma com tiro, incluindo o subgênero Run and Gun, em que se corre atirando em qualquer direção (também vulgarmente chamado side-scrolling). Jogos notáveis:

Tiro tático[editar | editar código-fonte]

Jogos de tiro tático são jogos que geralmente simulam conflitos realísticos em esquadrão ou mano-a-mano. Exemplos notáveis do gênero incluem Tom Clancy's Rainbow Six e Ghost Recon da Ubisoft e Operation Flashpoint da Bohemia Software.

Referências

  1. Rafael Arbulu (2009). Resident Evil: Darkside Chronicles – Capcom leva o Wii para Raccoon City <http://jogos.br.msn.com/noticias/noticias-artigo.aspx?cp-documentid=20770628>. Acessado em 20 de julho de 2009.