Jogo de tiro tático

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os jogos de tiro tático surgiram em 1998 na indústria dos games, sendo Rainbow Six e Ghost Recon geralmente creditados como pioneiros e definidores do gênero.[1][2][3] Outro jogo chave foi Delta Force, o qual enfatizou no armamento do mundo real e em eliminações rápidas.[4] O gênero foi também influenciado pela série SWAT, um spin-off da série de jogos de aventura Police Quest.[1]

Rainbow Six foi creditado como um jogo revolucionário, definindo as convenções do gênero.[5][6] O game foi inspirado pela equipe de resgate de reféns do FBI, e foi desenhado para simular o time de especialistas executando uma operação complexa. O game foi projetado para enfatizar estratégia de um modo que fosse divertido para os jogadores que não tinham reflexos apurados.[7] A série tornou-se referência para o gênero em termos de detalhes e precisão.[8]

Jogos de tiro tático como Soldier of Fortune possuem representação gráfica de brutalidade e violência, que ambos os defensores e detratores consideram ser mais realista do que a maioria dos jogos de tiro em primeira pessoa. Entre os primeiros FPS a contar com armas realistas em vez de armas futurísticas, incluiu modos singleplayer e multiplayer com o conceito de jogar como um mercenário.

Alguns dos shooters táticos mais notáveis ​​foram mods de conversão total de títulos de FPS que tinham sido lançado de graça. Infiltration, uma conversão total de Unreal Tournament (1999), tem sido descrito como "uma transformação de desenhos selvagens de Unreal Tournament em um jogo angustiante de gato e rato".[9] Half-Life: Counter-Strike (2000), um mod de Half-Life (1998), foi o jogo multiplayer mais popular de sua era, ainda que houvesse jogos de tiro em primeira pessoas com motores gráficos mais avançados como Unreal Tournament 2003.[10]

Referências

  1. a b Tom McNamara (10 de janeiro de 2005). «SWAT 4 Impressions». IGN. Consultado em 10 de março de 2009. 
  2. Prof. Rune Klevier, Dept. of Information Science and Media Studies, University of Bergen, Norway (16 de outubro de 2006). «The Way of the Gun» (PDF). University of Bergen, Norway. Consultado em 10 de março de 2009. 
  3. Scott Osborne (20 de junho de 2005). «Delta Force Xtreme (PC)». GameSpy. Consultado em 10 de março de 2009. 
  4. Scott Osborne (16 de julho de 2002). «Delta Force: Task Force Dagger Review». GameSpot. Consultado em 10 de março de 2009. 
  5. Russ Frushtick (20 de novembro de 2006). «Rainbow Six Vegas Review». UGO. Consultado em 10 de março de 2009. 
  6. Ryan Treit (8 de abril de 2007). «Embracing the Authenticity of Rainbow Six». Xbox.com. Consultado em 10 de março de 2009. 
  7. «Postmortem: Redstorm's Rainbow Six». Gamasutra. 21 de janeiro de 2000. Consultado em 10 de março de 2009. 
  8. Dene Benham (3 de julho de 2008). «Tom Clancy's Rainbow Six Vegas 2». nzgamer.com. Consultado em 10 de março de 2009. 
  9. «Unreal Tournament Mods». GameSpot.com. 30 de novembro de 1999. Consultado em 28 de julho de 2012. 
  10. «Counter-Strike still the top multiplayer game». GameSpot.com. 8 de novembro de 2000. Consultado em 28 de julho de 2012.