Wilson Gonçalves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wilson Gonçalves
Wilson Gonçalves
Prefeito Crato‎‎ Crato
Período 1943-1945
Deputado estadual  Ceará
Período 1947-1959
Vice-governador  Ceará
Período 1959-1963
Antecessor(a) Flávio Marcílio
Sucessor(a) Figueiredo Correia
Senador  Ceará
Período 1963-1978
Dados pessoais
Nascimento 6 de outubro de 1914 (102 anos)
Cajazeiras, PB
Morte 12 de novembro de 2000 (86 anos)
Fortaleza, CE
Alma mater Universidade Federal do Ceará
Cônjuge Amália Cavalcanti Gonçalves
Partido PSD, ARENA
Profissão advogado, professor, jurista, jornalista

Wilson Gonçalves (Cajazeiras, 6 de outubro de 1914Fortaleza, 12 de novembro de 2000) foi um advogado, professor, jurista, jornalista e político brasileiro que foi ministro do antigo Tribunal Federal de Recursos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Zacarias Gonçalves da Silva e Adília Gonçalves Cavalcante. Bacharel em Direito em 1937 pela Universidade Federal do Ceará exerceu a advocacia no Ceará, Paraíba e Pernambuco até fixar residência em Crato onde foi secretário-geral da prefeitura e depois prefeito (1943-1945) graças ao interventor Menezes Pimentel. Ingressou no PSD sendo eleito deputado estadual em 1947, 1951 (pleito extemporâneo) e 1954 e vice-governador do estado em 1958 na chapa de Parsifal Barroso. Eleito senador em 1962 migrou para a ARENA após a deposição de João Goulart sendo reeleito em 1970. Em 22 de novembro de 1978 foi nomeado para o Tribunal Federal de Recursos pelo presidente Ernesto Geisel, fato que o levou a renunciar ao mandato. Em sua vaga foi efetivado Uchôa Lima.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]