Zoltán Kocsis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zoltán Kocsis, 2009

Zoltán Kocsis (30 de maio de 1952 - 6 de novembro de 2016[1]) foi um pianista[2], maestro, e compositor húngaro.

Nascido em Budapeste, iniciou seus estudos musicais aos cinco anos de idade e continuou-os no Conservatório Béla Bartók em 1963, estudando piano e composição. Em 1968 foi admitido no Franz Liszt Academy of Music, onde foi aluno de Pál Kadosa e Ferenc Rados.

Atuou junto das orquestras mais famosas do mundo, como a Chicago Symphony Orchestra, a Staatskapelle Dresden, a San Francisco Symphony Orchestra, a New York Philharmonic, a Philharmonia de Londres, a Wiener Philharmoniker.

Harold Schonberg, crítico americano, elogiou-o[3]. Kocsis gravou os seis volumes de piano Béla Bartók Mikrokosmos.

Nos últimos anos, assumiu o papel de maestro, da Orquestra Filarmônica Nacional da Hungria, onde era diretor musical.

Referências

  1. «Zoltán Kocsis, diretor da Orquestra Húngara, morre aos 64 anos». G1. 6 de novembro de 2016. Consultado em 6 de novembro de 2016. 
  2. 88 notes pour piano solo,Jean-Pierre Thiollet, Neva Ed., 2015, p. 52. ISBN 978 2 3505 5192 0
  3. Harold C. Schonberg, The Great Pianists from Mozart to the Present, Second Edition, Simon & Schuster, 1987

Ligações externas[editar | editar código-fonte]