Abbott and Costello Meet the Killer, Boris Karloff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Abbott and Costello Meet the Killer, Boris Karloff
Abbott e Costello entre assassinos (PT)
Abbott e Costello frente a frente com assassinos (BR)
 Estados Unidos
1949 • pb • 82 min 
Direção Charles Barton
Roteiro John Grant
Hugh Wedlock, Jr.
Howard Snyder
Elenco Bud Abbott
Lou Costello
Boris Karloff
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Abbott and Costello Meet the Killer, Boris Karloff (br.: Abbott e Costello frente a frente com assassinos / pt.: Abbott e Costello entre Assassinos) é um filme de comédia estadunidense de 1949 estrelado pela dupla Abbott e Costello e Boris Karloff.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O proeminente promotor criminal Amos Strickland chega ao Lost Caverns Resort Hotel na Califórnia e logo aparece assassinado em seu quarto. Quem encontra o corpo é o atrapalhado ex-mensageiro do hotel, Freddie Phillips, que fora demitido a pedido de Strickland depois de acidentalmente quebrar os óculos e derrubar as bagagens dele. Os policiais Wellman e Stone mantém Phillips no hotel pois suspeitam dele ao saberem que fora demitido e ameaçara o falecido por causa disso. O detetive do hotel Casey Edwards é primo de Phillips e não acredita que ele tenha cometido o crime a ajuda os policiais nas investigações para descobrir o verdadeiro responsável.

É descoberto que sete ex-acusados de Strickland estão hospedados ali e todos tem o mesmo motivo para terem-no assassinado: não queriam que ele publicasse um livro de memórias incriminador. Dentre os sete estão o falso Swami hipnotizador Talpur e a envenenadora Angela Gordon. Os demais são a Madame Hargreave, T. Hanley Brooks, Lawrence Crandall, Madame Grimsby e Mike Relia. O grupo concorda que a culpa do assassinato do promotor deve recair sobre Phillips e passam a tentar fazer com que o mensageiro se complique ainda mais com a polícia e depois tentam eliminá-lo.

Produção[editar | editar código-fonte]

As filmagens ocorreram entre 10 de fevereiro e 26 de março de 1949.O título inicial era Easy Does It e era para ser protagonizado pelo comediante Bob Hope. Contudo, a Universal comprou os direitos e retrabalhou o roteiro para a dupla Abbott e Costello [1] .

O papel original que acabou sendo interpretado por Boris Karloff seria o de uma mulher chamada Madame Switzer e o título foi alterado para Abbott and Costello Meet the Killers. Cinco dias antes das filmagens, Karloff foi contratado e o personagem mudou para o de um swami [1] .

Após o termino das filmagens, Costello ficou acamado por muitos meses acometido de uma febre reumática, que sofria desde 1943. Devido a isso a dupla só voltaria ao estúdios um ano depois com Abbott and Costello in the Foreign Legion.

A inclusão do nome de Boris Karloff no título em inglês deveu-se ao cartaz original do filme que colocou uma vírgula entre as palavras "Killer" e "Boris Karloff" mas pelos letreiros iniciais o título é "Abbott and Costello Meet the Killer" e na sequência está o crédito de co-estrela para "Boris Karloff".

Versões alternativas[editar | editar código-fonte]

Na Austrália e Nova Zelândia todas as cenas com cadáveres foram removidas. O filme foi banido na Dinamarca devido a cena em que os cadáveres foram postos sentados na mesa de carteado [1] .

Referências

  1. a b c Furmanek, Bob and Ron Palumbo (1991). Abbott and Costello in Hollywood. New York: Perigee Books. ISBN 0-399-51605-0

Ligações externas[editar | editar código-fonte]