Adolf von Harnack

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adolf von Harnack.

Adolf von Harnack (Dorpat, Estónia, 7 de maio de 1851Heidelberg, 10 de junho de 1930) foi um teólogo alemão, além de historiador do cristianismo. Suas duas obras mais conhecidas são o Lehrbuch der Dogmengeschichte ("Manual de história do dogma", em três volumes) e a série de palestras Das Wesen des Christentums ("A essência do cristianismo"), texto clássico da teologia liberal.

Harnack recebeu diversas condecorações, entre outros, em 1902 a Ordem Pour le Mérite para as Ciências e as Artes, da qual foi chanceler de 1920 até a sua morte em 1930.

Sua sepultura está localizada no Alter St.-Matthäus-Kirchhof Berlin.

Obra (seleção)[editar | editar código-fonte]

  • Lehrbuch der Dogmengeschichte. 3 vol. 1886–1890 (4. edição 1909/1910)
  • Die Mission und Ausbreitung des Christentums in den ersten drei Jahrhunderten. Leipzig 1902 (4. edição. 1924). Tradução em inglês (da 2. edição em alemão), versão online disponível: The Mission and Expansion of Christianity in the First Three Centuries, trad. por James Moffatt, 2. ed. Londres: Williams and Norgate / Nova Iorque: G.P. Putnam's Sons 1908 (Theological Translation Library 19–20)
  • Geschichte der altchristlichen Literatur. 3 vol., Leipzig 1893–1904
  • Das Wesen des Christentums. Leipzig 1900 (última edição 2007), ISBN 978-3-16-149388-1
  • Reden und Aufsätze. 7 Bde., Gießen 1904–1930
  • Marcion. Das Evangelium vom fremden Gott. Leipzig 1921 (2. ed. 1924) (versão online)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adolf von Harnack
Ícone de esboço Este artigo sobre um teólogo cristão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.