Aggadah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Aggadah (aramaico אגדה: contos, saber; pl. Aggadot ou (Ashkenazi) Aggados) é um termo aramaico referente ao material não-jurídico da literatura rabínica (Rabino), que trata sobretudo de Teologia, Ética e Folclore. Todos os principais elementos da crença judaica ulterior se encontra no Aggadah, apresentados na forma fluída de parábolas e histórias, que permitiriam aos judeus, em muitos ambientes culturais diferentes, interpretarem os ensinamentos do Aggadah de maneira significativa. Alguns judeus pietistas reconhecem tais ensinamentos como doutrinariamente compulsórios, mas a maioria adota um enfoque seletivo.

Ícone de esboço Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.