Alfred E. Neuman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ilustração dos anos 20 que pode ter sido inspiração para Alfred E. Neuman

Alfred E. Neuman é o nome adotado para a personagem símbolo da revista norte-americana Mad, cuja figura irreverente e sarcástica ilustrava as capas e muitas das histórias naquela contidas.

Caracteres[editar | editar código-fonte]

Neuman é antes um rosto comum, sardônico, com um dente faltando na frente e grandes orelhas de abano, que foi plagiado de um personagem publicitário dos Estados Unidos dos primórdios do século XX. A revista recriou a personificação da mesma, passando aquele rosto a ser um ícone que a identificava. Foi alvo de disputa judicial, vencida pela revista, demonstrando que a figura já caíra em domínio público por sua antiguidade.

O nome[editar | editar código-fonte]

Também o seu nome é comum, sendo o "Neuman" uma corruptela de "Newman". Diversos "Alfred Newman" existiram, de sorte que não se pode dizer que o nome faça referência específica a alguma personalidade real.

O Mad Neuman[editar | editar código-fonte]

A revista caracterizava-se por trazer paródias escrachadas de grandes sucessos cinematográficos (no Brasil, o alvo eram as telenovelas), onde Neuman surge como figurante mudo, em formato de história em quadrinhos.

Assumindo diversas personalidades, Neuman era retratado nas capas, que geralmente abordavam assuntos em voga, anunciando aos leitores que os humoristas estavam atentos à atualidade e que naquele volume o assunto estaria sendo alvo do deboche. Assim, apareceu como Papai Noel, Darth Vader, Tio Sam e muitos outros.

Primeira aparição[editar | editar código-fonte]

Sua primeira aparição deu-se em novembro de 1954, numa coleção de edições anteriores da revista, intitulada "Ballantine's 'The Mad Reader'" (Ballantine, o leitor de Mad). Foi, depois, em 1956, batizado e sua imagem definitiva fixada pelo desenhista Norman Mingo.

Slogan[editar | editar código-fonte]

Famoso, nos Estados Unidos, por sua lapidar frase, Neuman perpassou as décadas de 60 e 70 como um dos símbolos mais conhecidos a cultura norte-americana. Seu slogan era "What, me worry?", uma clara referência ao institucional slogan do governo daquele país: "I Want You", da personagem "Tio Sam" (Uncle Sam, da sigla: U.S.), sobre a peça original que inspirou a alegoria ("Me worry?").

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) personagem de Banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alfred E. Neuman