Alto Lugar Tectónico Suíço Sardona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Alto Lugar Tectónico Suíço Sardona *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Martinsloch.jpg
País Suíça
Critérios (viii)
Referência 1179
Coordenadas 46° 55′ N 09° 15′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 2008  (32ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

O Alto Lugar Tectónico Suíço Sardona, situado a Noroeste da Suíça, é uma zona montanhosa de 32 850 he onde se encontram sete cumes de mais de 3 000 m em volta do Piz Sardona. Está situado no Cantão de Glaris, no Cantão de São Galo e no Cantão dos Grisões.

Geologia[editar | editar código-fonte]

O sítio é um exemplo excepcional de orogénese por colisão continental e fornece excelentes secções geológicas através de uma sobreposição tectónica, um processo pelo qual as rochas mais antigas e mais profundas sobem e passam por cima das mais recentes e menos profunda [1] . Este fenómeno é conhecido pelo termo geológico de falhas inversas.

Em 1884, o geólogo francês Marcel Bertrand foi o primeiro a explicar de maneira exacta este fenómeno capital para a compreensão do nascimento dos Alpes e de outros maciços montanhosos [1] .

O sítio é caracterizado por uma exposição tridimensional clara das estruturas e dos processos típicos destes fenómenos e é reconhecido como um sítio capital para a geologia desde o século XVIII

Classificação[editar | editar código-fonte]

A região entrou para o Património Mundial da UNESCO em 2008 por ser um exemplo excepcional de montanha formada a partir da colisão continental [2]

Artigo & Referências[editar | editar código-fonte]

Artigo em parte baseado na versão francesa fr:Monte_San_Giorgio e inglesa en:Monte_San_Giorgio

Referências