Arabesque (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde novembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Arabesque
Arabesco (PT)
Arabesque (BR)
 Estados Unidos
1966 • cor • 105 min 
Direção Stanley Donen
Roteiro Julian Mitchell
Stanley Price
Peter Stone
Elenco Gregory Peck
Sophia Loren
Género Suspense
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Arabesque (idem no Brasil, em Portugal intitulado Arabesco) é um filme estadunidense de suspense de 1966, estrelado por Gregory Peck e Sophia Loren. O filme é baseado em uma novela de Gordon Cotler, "The Cypher" e dirigido por Stanley Donen.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O Professor David Pollock (Peck) é um especialista em hieroglifos arábicos da Universidade de Oxford. Hassan Jena (Carl Duering), primeiro-ministro de um país do Oriente Médio, convence Pollock a se inflitrar na organização de um homem chamado Beshraavi (Alan Badel), envolvido num plano contra o primeiro-ministro. A natureza do plano aparentemente está escondida num código escrito em hierogrifos. A amante de Beshraavi, Yasmin Azir (Loren), também está ligada ao plano. Ela ajuda o professor a fugir, dizendo ter sido seqüestrada e ameaçada de morte por Pollock. No caminho, no entanto, ela parece estar atrapalhando constantemente a vida do professor e ele não consegue decidir em qual dos lados ela está. Finalmente, trabalhando juntos, Pollock e Yasmin conseguem decifrar o código e evitar o assassinato do primeiro-ministro.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Gregory Peck .... David Pollock
  • Sophia Loren .... Yasmin Azir
  • Alan Badel .... Nejim Beshraavi
  • Kieron Moore.... Yussef
  • Carl Duering .... Hassan Jena
  • John Merivale .... Silvester Sloane
  • Duncan Lamont .... Webster
  • George Coulouris .... Ragheeb
  • Ernest Clark .... Beauchamp
  • Harold Kasket .... Mohammed Lufti
  • Gordon Griffin

Premiações e indicações[editar | editar código-fonte]

BAFTA 1967 (Reino Unido)

Venceu na categoria de:

  • Melhor Fotografia Colorida

Indicado nas categorias de:

  • Melhor Figurino
  • Melhor Edição
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.