Artafernes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Artafernes foi um sátrapa persa da Lídia[1] de 513 a.C. a 493 a.C.. Participou nas Guerras Médicas. Era irmão por parte de pai de Dario I [1] e filho de Histaspes.

História[editar | editar código-fonte]

Hecateu de Mileto foi enviado como embaixador a Artafernes, perguntando por que Artafernes não confiava nos jônios.[2] Artafernes respondeu que era porque ele temia que eles estivessem ressentidos por causa das últimas derrotas; mas Hecateu respondeu que se eles fossem bem tratados, eles seriam fiéis aos persas.[2] Diante disso, Arfafernes restaurou as leis das cidades e fixou tributos de acordo com o que cada cidade conseguia pagar.[2]

Seu filho, também chamado de Artafernes, foi enviado, com Datis, para reduzir Atenas e a Erétria à escravidão, e levar os escravos para a Pérsia.[3]

Referências

  1. a b Heródoto, Histórias, Livro V, Terpsícore, 25 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  2. a b c Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro X, 25.4
  3. Heródoto, Histórias, Livro VI, Erato, 94 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]