Arthur Machen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Arthur Machen (3 de março de 1863 - 30 de março de 1947) foi um escritor e jornalista galês, famoso pelos seus contos e novelas de terror e fantasia, além de ter sido ator durante um certo tempo.

Nasceu em 1863 no país de Gales, em Caerlson-Usk. Instalou-se em Londres, ainda jovem, onde foi caixeiro de livraria durante alguns meses, passando a ser preceptor. Posteriormente, começou a escrever em total penúria material e cansaço. Durante um longo período viveu de traduções. Ainda sem reconhecimento, continuou a sua obra com um sentimento crescente de que "um imenso golfo espiritual o separava dos outros homens" e que vivia como um "Robinson Crusoé da alma".

As suas primeiras narrativas fantásticas foram publicadas em 1895 (The Great God Pan e The Immost Light).

Um fato curioso era que ele, junto com W. B. Yeats e Aleister Crowley, era membro da "Ordem Hermética da Aurora Dourada", a malfada sociedade de magia do século 20.

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.