Bactéria Gram-Negativa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bactérias gram-negativas coloridas com coloração de Gram.

Bactérias gram-negativas são bactérias, que não retêm o corante cristal-violeta conhecido como coloração de Gram quando descoloridas com um solvente natural. Para serem vistas utiliza-se um contra-corante como safranina ou fucsina básica, que as tornam avermelhadas e permitem melhor análise de detalhes por um microscópio óptico. Sua principal característica é uma endotoxina denominada lipopolissacarídeo (LPS) que é causadora da patogenicidade e maior responsável por sua virulência.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

Parede celular gram-negativa (em inglês).

Nas bactérias Gram-negativas, tem uma parede celular menos espessa e compostas por [2] :

  • Peptidioglicano: Responsável pela forma mais rígida do das células e pela proteção do citoplasma contra às diferenças na pressão osmótica;
  • Lipoproteínas: Responsável por estabilizar a membrana externa e fixá-la à camada de peptidioglicano.
  • Membrana externa: Responsável pela prevenção da perda de proteínas periplasmáticas e evitar o acesso de enzimas hidrolíticas e de certos antibióticos ao peptidioglicano.
  • Lipopolissacarídeos: Participa dos mecanismos de patogenicidade da célula bacteriana. Determinam os efeitos biológicos que resultam na amplificação das reações inflamatórias.
Envelope celular

O envelope celular das bactérias gram-negativas é quimicamente formado por[2] :

  • Fosfolipídeos (20 a 25%)
  • Proteínas (45 a 50%);
  • Lipopolissacarídeo (30%).

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Parede de uma cianobactéria. A parede celular (CW) contém camadas semelhantes às das bactérias Gram-negativas, como a membrana citoplasmática (CM), as camadas de peptidoglicano (P), o espaço periplasmático (PS) e a membrana externa (OM). Além disso, a cianobactéria contém as duas camadas externas adicionais típicas células móveis: a camada serrilhada externa (EL) e fibras similares a pelos (F). Junção circunferencial (CJ); Poro de junção (JP).
Proteobactérias[1]
Enterobacteriaceae[1]
Outras[1]

Referências