Batalha de Culloden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Batalha de Culloden (16 de Abril de 1746), foi aquela pela qual o católico Carlos Eduardo Stuart, aspirante ao trono de Inglaterra foi definitivamente derrotado, juntamente com o seu exército de apoiantes jacobitas, recrutados sobretudo nas Highlands (zonas católicas) escocesas. Com esta derrota, a carreira política do "young pretender" conheceu o seu fim, e a revolta que ele incitou na Escócia, procurando apoio entre os Highland Clans, foi definitivamente dominada. Foi o fim de uma campanha de mais de um ano, na qual as tropas Jacobitas conheceram algumas vitórias e tentaram marchar sobre Londres (vindas da Escócia) para alcançar o poder.

As tropas do exército britânico, cerca de 9.000 homens, eram comandadas por William Augustus, Duque de Cumberland.

Com a derrota, Carlos Eduardo Stuart foi obrigado a fugir, às escondidas, tendo regressado a França com a ajuda de Flora MacDonald.

A batalha de Culloden foi também a última batalha terrestre a ter lugar na Grã-Bretanha.

Ícone de esboço Este artigo sobre História do Reino Unido é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.