Berge Stahl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Berge Stahl
Berge Stahl em Rotterdam (2007).
Carreira   Bandeira da marinha que serviu
Construção Ulsan, Coréia do Sul
Lançamento 5 de setembro de 1986
Período de serviço 1986 - atual
Estado Em serviço
Características gerais
Comprimento 342 m
Boca 63,5 m
Calado 23 m
Propulsão 1 hélice com 9 m de diâmetro, motor a diesel Hyundai 7L90MCE
Velocidade 13 nós (25 km/h)

O MS Berge Stahl é um navio graneleiro construído pelas Hyundai Heavy Industries em Ulsan, na Coréia do Sul e atualmente é registrado em Stavanger, na Noruega[1] , tendo sido registrado anteriormente em Monrovia, na Libéria.

É propriedade do Grupo Bergesen Worldwide (BW Group) da Noruega.

História[editar | editar código-fonte]

Com 342,08 metros de comprimento, 63,5 m de largura e calado máximo de 23 metros, o navio tem capacidade para transportar até 364 767 toneladas de peso bruto (DWT). Foi o maior navio desse tipo no mundo até 2011, quando foi inaugurado o navio Vale Brasil, o primeiro dos navios da classe Valemax, que podem carregar até 400 mil toneladas.

Devido à profundidade necessária para navegação, os dois únicos portos do mundo em que o Berge Stahl atraca regularmente são o Porto de Rotterdam, na Holanda e o Terminal de Ponta da Madeira (de administração da Vale) no estado do Maranhão. A viagem entre os dois portos dura entre 14 e 15 dias.[2]

Até hoje, o navio só atracou em quatro portos no mundo [3] e o porto brasileiro, para o qual faz dez viagens por ano, é o único no qual pode atracar e receber carga máxima mesmo durante a maré baixa. Em Rotterdam, o Berge Stahl só pode atracar em condições especiais de clima e maré e só pode ser carregado com 354 mil toneladas.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Berge Stahl
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.