Betta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaBetta
Betta albimarginata

Betta albimarginata
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Osphronemidae
Género: Betta
Bleeker, 1850

Betta é um gênero de peixes pequenos e coloridos da família Osphronemidae. Estão descritas mais de 60 espécies de Betta. A espécie-tipo é Betta picta, o betta pintado, mas a espécie mais comum é o Betta splendens, o peixe-lutador, muito popular entre os aquaristas.

Características[editar | editar código-fonte]

Betta splendens macho

Todos os Betta são pequenos, mas podem variar consideravelmente no tamanho, de 2,5 cm do Betta chanoides até 12 cm do betta-de-akar (Betta akarensis).

Os peixes do género Betta pertencem a Família dos anabantídeos, o que significa que podem respirar o ar atmosférico através de um órgão chamado labirinto, o que lhes permite viver em água pobre em oxigénio dissolvido, como plantações de arroz, riachos de corrente lenta, valas de drenagem e poças de chuva, onde outros peixes não poderiam viver.[1]

Os bettas são divididos em dois grupos, de acordo com o seu comportamento sexual: alguns constroem ninhos de bolhas, como o B. splendens, enquanto outros incubam os ovos na boca, como o B. picta. Estes últimos são por vezes chamados "pseudo-bettas", e especula-se que tenham evoluído de espécies construtoras de ninhos, como adaptação a habitats de corrente rápida.[2]

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Os bettas em aquário devem ser alimentados com pequenas quantidades de comida, duas vez por dia ou cada 1 dia .[3] A comida pode incluir flocos flutuantes, minhocas liofilizadas ou vivas, ou ainda artêmias secas.

A ração para bettas é constituída por pequenas pastilhas redondas formadas por proteínas, lípidos, fibraa, cinza, umidade, fósforo, certas vitaminas e outros ingredientes.

Nome[editar | editar código-fonte]

Betta splendens, o peixe-lutador-siamês

Há alguma confusão em relação aos nomes vulgares dos bettas. O "peixe-lutador-siamês", B. splendens, é frequentemente vendido nos Estados Unidos apenas pelo nome "betta", apesar de em 2006 haver cerca de 65 espécies classificadas no género Betta. Outro problema é que o nome Betta, indicando um género biológico, deve ser sempre escrito com maiúscula inicial e em itálico, enquanto que, se for utilizado como um nome comum, deve ser escrito com minúsculas.[4] O nome comum do Betta pugnax, por exemplo, é betta-de-penang.

Em inglês, o nome Betta (ou betta) pronuncia-se ˈbɛtə, ou seja, a primeira parte é igual à palavra bet (apostar, em inglês) e, por vezes, confunde-se como onome da letra grega beta, que se pronuncia ˈbeɪtə; por vezes, é ainda escrito erradamente apenas com um t. No entanto, o nome do género não tem nenhuma relação com a letra grega, sendo derivado de ikan bettah, o nome de uma das espécies numa das línguas da Tailândia.[5]

Estado de conservação[editar | editar código-fonte]

Apesar de muitas espécies de Betta serem comuns (e a B. splendens ser encontrada em praticamente todo o mundo dos aquaristas) outras espécies encontram-se ameaçadas. A Lista Vermelha da IUCN classifica várias espécies de Betta como "vulneráveis" a B. livida encontra-se "em perigo" e as espécies B. miniopinna, B. persephone e B. spilotogena são consideradas "em perigo crítico".[6]

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente lista uma espécie não-confirmada, Betta cf. tomi, como tendo sido extinta em Singapura entre 1970 e 1994.[7] Provavelmente, isto refere-se à extinta população singaporesa de B. tomi, que continua a existir na Indonésia e na Malásia, assim como em cativeiro; a Lista Vermelha classifica-a como "vulnerável.[8] [9]

Espécies[editar | editar código-fonte]

Exemplar macho de Betta splendens
Uma fêmea de Betta splendens

As espécies descritas de Betta foram agrupadas em "complexos" para efeitos de conservação, mas não quer dizer que representem a realidade taxonómica. Os complexos de espécies de Betta são os seguintes: [10] [11]

Referências

  1. Marcus Song, Caring for Betta Fish (Lulu Press, 2006). ISBN 1-4116-9365-5
  2. Fernando, Yohan. Betta edithae - a Pseudo Betta?. International Betta Congress Species Maintenance Program. Página visitada em 2006-06-30.
  3. http://www.petco.com/caresheets/fish/Betta_Male.pdf
  4. "Betta". American Heritage Dictionary (4th ed.). Consultado em 2006-06-29. 
  5. Fishbase
  6. 2006 Lista Vermelha da IUCN.. Página visitada em 2006-06-30.
  7. Extinctions since 1970. United Nations Environment Programme World Conservation Monitoring Centre (2006). Página visitada em 2006-07-01.
  8. Kottelat, M. (1996). Betta tomi. 2006 Lista Vermelha da IUCN. Página visitada em 2006-07-01.
  9. Betta tomi. International Betta Congress Species Maintenance Program. Página visitada em 2006-07-01.
  10. Species Complex Management. International Betta Congress Species Maintenance Program. Página visitada em 2006-07-01.
  11. Betta (TSN 172610) (em inglês) . Integrated Taxonomic Information System (www.itis.gov). Página visitada em 30 de Junho de 2006..

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Betta