Byte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Múltiplos do byte
Prefixo binário (IEC) Prefixo do SI
Nome Símbolo Múltiplo Nome Símbolo Múltiplo
byte B 20 byte B 100
kibibyte KiB 210 Kilobyte kB 103
mebibyte MiB 220 megabyte MB 106
gibibyte GiB 230 gigabyte GB 109
tebibyte TiB 240 terabyte TB 1012
pebibyte PiB 250 petabyte PB 1015
exbibyte EiB 260 exabyte EB 1018
zebibyte ZiB 270 zettabyte ZB 1021
yobibyte YiB 280 yottabyte YB 1024

Um byte (Binary Term),[1] ou octeto, é um dos tipos de dados integrais em computação. É usado com frequência para especificar o tamanho ou quantidade da memória ou da capacidade de armazenamento de um certo dispositivo, independentemente do tipo de dados.

A codificação padronizada de byte foi definida como sendo de 8 bits. O byte de 8 bits é mais comumente chamado de octeto no contexto de redes de computadores e telecomunicações.

A uma metade de um byte, dá-se o nome de nibble ou semioctecto.[carece de fontes?]

Para os computadores, representar 256 números binários é suficiente. Por isso, os bytes possuem 8 bits. Como um bit representa dois valores (1 ou 0) e um byte representa 8 bits, basta fazer 2 (do bit) elevado a 8 (do byte) que é igual a 256, ou seja 2^{8}=256.

Sua importância na informática deriva apenas do fato do código ASCII haver adotado números de oito bits, além de razões meramente construtivas ou operacionais. Por exemplo: os códigos enviados a impressoras para controlar a impressão têm oito bits, os valores trocados pelos modems entre computadores também, assim como diversas outras operações elementares de intercâmbio de informações. Além disso, memórias costumam ser organizadas de tal forma que as operações de leitura e escrita são feitas com quantidades de um byte ou de um múltiplo de bytes (oito, dezesseis, trinta e dois, sessenta e quatro ou cento e vinte e oito bits – o que corresponde a um, dois, quatro, oito e dezesseis bytes, respectivamente).

Segundo norma da IEC, lançada em 2000, foi definida uma nova nomenclatura para dados de base dois em substituição a nomenclatura usada erroneamente de base dez reparando a confusão causada entre proporção 1:1000 ou 1:1024, veja mais em Prefixos Binários.

História[editar | editar código-fonte]

No início da computação chegou-se a utilizar 1 byte = 6 bits no código BCD pois com seis bits (64 caracteres) era possível representar todo o alfabeto alfanumérico A-Z, 0-9 além de alguns caracteres especiais. Em terminais e impressoras Teletipo (TTY), conectados através de interfaces seriais com o computador central, também usou-se uma variante na comunicação de dados onde 1 byte = 7 bits e ainda hoje é possível configurar uma interface RS32C para operar em 7 bits de dados. A transcodificação BASE64 usada até hoje em documentos MIME na Internet[2] [3] reflete a dificuldade passada de comunicação de dados em 8 bits entre diferentes computadores. A primeira codificação de 1 byte = 8 bits deve-se à IBM com a criação do código EBCDIC em 1960. A partir do sucesso dos computadores IBM, padronizou-se que 1 byte = 8 bits, surgindo também o código ASCII de 8 bits em 1961. A representação dos caracteres nos computadores atuais ganharam uma nova dimensão: os padrões EBCDIC (já em desuso há um bom tempo) e ASCII estão sendo substituídos pelos códigos UNICODE UTF, UTF-16 e UTF-32 que podem demandar 1 byte, 2 bytes e até 4 bytes para representar uma letra do alfabeto a fim de acomodar as escritas em línguas mundiais.

Quantidades[editar | editar código-fonte]

Neste artigo exprimem-se as quantidades em prefixo binário (e não no Sistema Internacional de Unidades), que é uma forma de quantificação utilizada em Informática onde se torna mais útil utilizar potências de dois do que potências de dez.

Byte (B)[editar | editar código-fonte]

Kilobyte (KB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 KibiByte = 1024 Bytes (210) Bytes.
  • 1 024 Byte = 8 192 Bits

Megabyte (MB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 KB
  • 1 048 576 (220)Bytes
  • 8 388 608 Bits

Gigabyte (GB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 MB
  • 1 048 576 KB
  • 1 073 741 824 (230) Byte
  • 8 589 934 592 Bits

Terabyte (TB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 GB
  • 1 048 576 MiB
  • 1 073 741 824 KB
  • 1 099 511 627 776 (240) Bytes
  • 8 796 093 022 208 Bits

Petabyte (PB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 TB
  • 1 048 576 GB
  • 1 073 741 824 MB
  • 1 099 511 627 776 KB
  • 1 125 899 906 842 624 (250) Bytes
  • 9 007 199 254 740 992 Bits

Exabyte (EB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 PB
  • 1 048 576 TB
  • 1 073 741 824 GB
  • 1 099 511 627 776 MB
  • 1 125 899 906 842 624 KB
  • 1 152 921 504 606 846 976 (260) Bytes
  • 9 223 372 036 854 775 808 Bits

Zettabyte (ZB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 EB
  • 1 048 576 PB
  • 1 073 741 824 TB
  • 1 099 511 627 776 GB
  • 1 125 899 906 842 624 MB
  • 1 152 921 504 606 846 976 KB
  • 1 180 591 620 717 411 303 424 (270) Bytes
  • 9 444 732 965 739 290 427 392 Bits

Yottabyte (YB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 ZB
  • 1 048 576 EB
  • 1 073 741 824 PB
  • 1 099 511 627 776 TB
  • 1 125 899 906 842 624 GB
  • 1 152 921 504 606 846 976 MB
  • 1 180 591 620 717 411 303 424 KB
  • 1 208 925 819 614 629 174 706 176 (280) Bytes

Brontobyte (BB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 YB
  • 1 048 576 ZB
  • 1 073 741 824 EB
  • 1 099 511 627 776 PB
  • 1 125 899 906 842 624 TB
  • 1 152 921 504 606 846 976 GB
  • 1 180 591 620 717 411 303 424 MB
  • 1 208 925 819 614 629 174 706 176 KB
  • 1 237 940 039 285 380 274 899 124 224 (290) Bytes

Geopbyte (GPB)[editar | editar código-fonte]

  • 1 024 BB
  • 1 048 576 YB
  • 1 073 741 824 ZB
  • 1 099 511 627 776 EB
  • 1 125 899 906 842 624 PB
  • 1 152 921 504 606 846 976 TB
  • 1 180 591 620 717 411 303 424 GB
  • 1 208 925 819 614 629 174 706 176 MB
  • 1 237 940 039 285 380 274 899 124 224 KB
  • 1 267 650 600 228 229 401 496 703 205 376 (2100) Bytes

Referências

  1. Carlos Marinheiro (14/12/2010). Sobre a palavra byte ou baite. Visitado em 10/05/2011.
  2. "Uma descrição de de conteúdo Base64 MIME transferir codificação", Microsoft Corporation, 2007-05-31. Página visitada em 2007-09-01.
  3. "Uma descrição do 7 bit-transferência Conteúda MIME codificação no Exchange Server XCON", Microsoft Corporation, 2006-10-26. Página visitada em 2007-09-01.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]