Cartola II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cartola II
Álbum de estúdio de Cartola
Lançamento 1976
Gênero(s) samba
Duração 34:45
Idioma(s) português
Gravadora(s) Discos Marcus Pereira
Produção Juarez Barroso
Cronologia de Cartola
Último
Último
Cartola
(1974)
Verde Que Te Quero Rosa
(1977)
Próximo
Próximo

Cartola é o segundo álbum de estúdio do sambista carioca Cartola, lançado em 1976.

Álbum[editar | editar código-fonte]

Novamente pelo selo Discos Marcus Pereira, foi lançado em 1976 o segundo LP de Cartola. Grande sucesso de crítica, o disco teve entre outros sambas "As Rosas não Falam" e "O Mundo É um Moinho" (gravação acompanhada ao violão do jovem Guinga) - consideradas obras-primas da música popular -, além de outras composições suas como "Minha", "Sala de Recepção", "Aconteceu", "Sei Chorar", "Cordas de Aço" e "Ensaboa".1

A revista Rolling Stone divulgou uma lista dos 100 maiores discos da música brasileira, na qual esse disco ocupou a 8ª posição.2

Faixas[editar | editar código-fonte]

Lado A
# Título Compositor(es) Duração
1. "O Mundo É um Moinho"   Cartola 3:53
2. "Minha"   Cartola 2:16
3. "Sala de Recepção" (participação: Creusa) Cartola 3:24
4. "Não Posso Viver Sem Ela"   Cartola, Bide 2:40
5. "Preciso Me Encontrar"   Candeia 2:57
6. "Peito Vazio"   Cartola, Elton Medeiros 2:50
Duração total:
18:00
Lado B
# Título Compositor(es) Duração
1. "Aconteceu"   Cartola 3:53
2. "As Rosas não Falam"   Cartola 2:51
3. "Sei Chorar"   Cartola 2:26
4. "Ensaboa" (participação: Creusa) Cartola 3:24
5. "Senhora Tentação"   Silas de Oliveira 3:03
6. "Cordas de Aço"   Cartola 2:15
Duração total:
17:52

Referências

  1. Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira
  2. Os 100 maiores discos da Música Brasileira - Revista Rolling Stone, Outubro de 2007, edição nº 13, página 112