Carviçais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal Carviçais  
—  Freguesia  —
Brasão de armas de Carviçais
Brasão de armas
Carviçais está localizado em: Portugal Continental
Carviçais
Localização de Carviçais em Portugal
41° 10' 56" N 6° 53' 24" O
País  Portugal
Concelho TMC.png Torre de Moncorvo
 - Tipo Junta de freguesia
Área
 - Total 64,19 km²
População (2011)
 - Total 757
    • Densidade 11,8/km2 
Orago Nossa Senhora da Conceição.
Sítio www.freguesiacarvicais.com

Carviçais é uma freguesia portuguesa do concelho de Torre de Moncorvo, com 64,19 km² de área e 757 habitantes (2011). Densidade: 11,8 hab/km².

Inclui as povoações de Carviçais, Quintas da Estrada, Quintas da Macieirinha, Quintas da Nogueirinha, Quintas de Martim Tirado, Quintas das Pereiras e Quintas das Peladinhas.

Carviçais é a maior freguesia do concelho de Torre de Moncorvo, ficando a uma distância da vila de cerca de 15 quilómetros. Quanto à origem do seu nome, existem duas versões diferentes: Há quem defenda a teoria de que o seu nome possa ter surgido da existência de grande quantidade de carvalhos existentes na zona (Carvalhos / Carva – Carvoiça – Cardoal). O Abade Tavares atribuiu o nome de Carviçais a “Carviços”, que em latim significa “touça de carvalhos rasteiros”, aqui existentes em abundância. Há também quem defenda que o seu nome possa ter surgido da existência de resíduos dos fornos de fundição a que era dado o nome de “Carvoiços”, que mais tarde conduziu à palavra “Carvoiçais” e só depois “Carviçais”.

Conta a lenda que o aparecimento da freguesia anda relacionado com o seguinte: Como não existiam albergues na estrada real que ia das Beiras a Miranda do Douro, uma família decidiu abrir uma estalagem para abrigar os viajantes, no local de Carviçais. O local da estalagem, tendo ficado bem posicionado, serviu de chamariz a muitas outras famílias que habitavam a antiga Vila de Mós, acabando por trocar a residência para este local. Assim foi crescendo este local e aqui nasceu a aldeia. Esta aldeia acabou por ter cada vez mais desenvolvimento, vida e movimento.

Foi com D.Sancho I que Carviçais passou a ser freguesia. Em 1760 sofreu um grande ataque dos castelhanos que, conseguindo entrar por Miranda do Douro, incendiaram e destruíram a aldeia.

Da Capela de Santa Bárbara, no cimo da aldeia, tem-se uma vista deslumbrante para a aldeia e para os montes em redor.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Património arquitectónico[editar | editar código-fonte]

Património archeológico[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.