Choe Yong-rim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde abril de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Choe Yong-rim
Vida
Nascimento 20 de novembro de 1930 (84 anos)
Ryanggang, Coreia do Norte
Dados pessoais
Partido Partido dos Trabalhadores da Coreia

Choe Yong-rim (ACNC: Choe Yong Rim, Coreano: 최영림; nascido a 20 de novembro de 1930, em Ryanggang, Coreia Japonesa) foi, de 7 de junho de 2011 a 1 de abril de 2013, primeiro-ministro da República Popular Democrática da Coreia (comummente conhecida como Coreia do Norte), e membro do presídio do Comité Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC) desde setembro de 2010.

Choe é descrito pelo New York Times como "um insider do PTC" e como "amigo da família de Kim Jong-il".

Carreira[editar | editar código-fonte]

Entrou para o Exército Revolucionário Popular Coreano em julho de 1950.

Choe Yong-rim estudou na Escola Revolucionária Mangyŏngdae, na Universidade Kim Il-sung e na Universidade de Moscovo. Qualificou-se como engenheiro elétrico, e foi ocupando vários cargos desde os anos 50, incluindo, instrutor, chefe sénior, vice-diretor de departamento, primeiro-vice-diretor de departamento e diretor de departamento do Comité Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia e secretário-chefe do Gabinete Secretarial da Câmara da Assembleia de Kumsusan. Também ocupou os cargos de vice-primeiro-ministro do Conselho Administrativo, diretor do Gabinete Central de Promotores Públicos e secretário-geral do Presídio da Assembleia Popular Suprema.

De 11 de abril de 2005 a julho de 2009, foi secretário-geral (sŏgijang) do Presídio da Assembleia Popular Suprema, sucedendo a Kim Yunhyŏk.

Choe foi nomeado secretário-chefe do Comité da Cidade do Partido dos Trabalhadores da Coreia de Pionguiangue em 2009, assumindo o lugar que estava vago nos últimos nove anos desde que o seu predecessor Kang Hyun-su morreu em 2000. Deixou o cargo quando se tornou primeiro-ministro da Coreia do Norte a 7 de junho de 2010, durante a terceira sessão da 12.ª Assembleia Popular Suprema.

Como primeiro-ministro[editar | editar código-fonte]

Choe sucedeu a Kim Yong-il como primeiro-ministro durante uma rara segunda sessão parlamentar em 2010.

Especulou-se que Kim fora afastado parcialmente devido à falhada reforma da moeda que teve lugar no início de 2010. De acordo com o jornal sul-coreano Chosun Ilbo, alegadamente Kim Yong-il terá feito um pedido de desculpas público pelo seu falhanço antes de se demitir. A saída de Kim e a subida de Choe ao poder coincidiram com a demissão de vários ministros que foram ostensivamente responsabilizados pela reforma malsucedida. O evento foi visto por analistas como tendo dois propósitos: acalmar a contestação contra o fiasco da valorização da moeda e engendrar um clima político mais favorável à sucessão de Kim Jong-il por parte do seu filho mais novo.

Como primeiro-ministro, Choe foi o chefe de governo da República Popular Democrática da Coreia, o que significa que foi responsável pela nomeação de ministros e de vice-primeiros-ministros, que são confirmados posteriormente pela Assembleia Popular Suprema, sendo também responsável pela política doméstica e económica. Oficialmente, Choe fez parte de um triunvirato que domina o poder executivo norte-coreano, cada um com poderes equivalentes a um terço dos normalmente tidos por um presidente em sistemas presidenciais. Choe Yong-rim foi chefe de governo, enquanto Kim Yong-nam, Presidente do Presídio da Assembleia Popular Suprema, lida com a política externa, e Kim Jong-il, Presidente da Comissão Nacional de Defesa comanda as forças armadas.

Precedido por
Kim Yong-il
Primeiro-ministro da Coreia do Norte
20102013
Sucedido por
Pak Pong-ju