Clã Akita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Akita
Miharu in Fukushima Prefecture.png
Mapa da atual prefeitura de Fukushima. Miharu, em destaque, foi um domínio do clã Akita.
Província de origem Mutsu
Casa originária Clã Abe
Títulos Vários
Fundador Abe no Sadato
Último líder Akita Akisue
Ano de fundação Século XI
Ramos Nenhum

O clã Akita (, Akita-shi?) foi um clã samurai do norte de Honshū que reclamava descendência de Abe no Sadato. O clã Akita era originalmente conhecido como clã Andō (安東氏, Andō-shi?). No Período Kamakura, instalaram-se no Distrito de Tsugaru da Província de Mutsu para fazer comércio com o povo Ainu para o clã Hōjō, e para administrar Ezo como uma colônia penal.

No Período Sengoku, o clã Andō foi expulso pelo clã Nanbu, e migrou para a vizinha província de Dewa. Andō Chikasue mudou o nome do clã para Akita. Foi Akita Sanesue o primeiro daimyo Akita durante o período Edo. Contudo, Sanesue perdeu sua terra e foi mandado para Shishido em Hitachi em 1602 pelos Tokugawa devido ao seu fraco desempenho na Batalha de Sekigahara.

Os Akita sobreviveram como daimyo durante o Período Edo, tornando-se senhores do domínio de Miharu (província de Mutsu, 50000 koku). Foram signatários do pacto que formou o Ouetsu Reppan Domei em 1868, mas mudou de lado e ajudou o governo imperial a subjugar os domínios do norte. Após a Restauração Meiji, os Akita, assim como todos os demais daimyo, perderam os domínios, e seus territórios foram convertidos em prefeituras. Akita Akisue, o último daimyo, recebeu o título de visconde (shishaku).

Referências[editar | editar código-fonte]

  • "Akita-shi" at Harimaya.com (em japonês) (accessed 18 August 2008)
  • Onodera, Eikō (2005). Boshin nanboku sensō to Tōhoku seiken. Sendai: Kita no mori.
  • Sasaki, Suguru (2002). Boshin sensō: haisha no Meiji-ishin. Tokyo: Chuōkōron-shinsha.
Ícone de esboço Este artigo sobre um clã do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.