Corrente de Humboldt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Corrente de Humboldt ou do Peru

A corrente de Humboldt ou corrente do Peru é uma corrente oceânica de superfície que percorre o oceano Pacífico. Foi assim denominada em homenagem ao naturalista alemão Alexander von Humboldt, que a descobriu e estudou.

Nascendo perto da Antártica, ela é a corrente mais fria do mundo, com uma temperatura aproximadamente 7 ou 8 °C inferior à temperatura média do oceano na mesma latitude. A corrente de Humboldt acompanha as costas do Chile e do Peru, na América do Sul. Ricas em plâncton, suas águas atraem muitos peixes, fato que faz do Peru um dos principais produtores de pescado em escala mundial.

Influência na paisagem e no clima: A baixa temperatura impede a evaporação e deixa a umidade relativa do ar baixa, deixando a massa de ar local seca e ajudando a formar o clima seco do Deserto de Atacama.

Já durante o fenômeno do El Niño, a corrente de Humboldt desaparece e deixa em seu lugar uma corrente quente, diminuindo o plâncton e aumentando as precipitações pluviométricas na costa sul-americana do Pacífico. Suas águas têm características diferentes das águas oceânicas. Por terem outra temperatura, salinidade, coloração e densidade, elas não se misturam facilmente com as águas do mar por onde passam.