Cristiano Augusto de Holstein-Gottorp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cristiano Augusto de Holstein-Gottorp, Príncipe de Eutin.

Cristiano Augusto de Holstein-Gottorp (11 de janeiro de 167324 de abril de 1726) foi duque de Slesvig-Holstein, príncipe regente de Eutin, príncipe-bispo de Lübeck e regente do ducado de Holstein-Gottorp.

Ele era o filho mais novo de Cristiano Alberto, Duque de Holstein-Gottorp e de Frederica Amália da Dinamarca-Noruega, filha do Rei Frederico III da Dinamarca e Noruega. Assim, foi o seu irmão mais velho, Frederico IV, Duque de Holstein-Gottorp, que sucedeu a seu pai como senhor do pequeno principiado, tendo Cristiano Augusto o feudo de Eutin. Adicionalmente a sua família conseguiu com que ele fosse eleito bispo Luterano da Lübeck.

Em 1702 o seu irmão mais velho morre deixando o seu filho menor Carlos Frederico, Duque de Holstein-Gottorp como herdeiro, e Cristiano Augusto é indicado como administrador. A sua cunhada, a regente Edviges Sofia da Suécia morre uns anos mais tarde (1708), deixando então Cristiano Augusto como regente do principiado de Holstein-Gottorp, severamente devastado pela violência da Grande Guerra do Norte.

O príncipe Cristiano Augusto casou com Albertina Frederica de Baden-Durlach (3 de julho de 1682-26 de dezembro de 1755), a 2 de setembro de 1704, com quem teve vários filhos.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.