Doença de Rosai-Dorfman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Micrografia de um nódulo linfático envolvido pela doença de Rosai-Dorfman mostrando emperipolese. Coloração H&E.

A doença de Rosai-Dorfman também conhecida como histiocitose sinusal com linfadenopatia maciça é uma desordem rara e benigna de etiologia desconhecida que se caracteriza pela superprodução de histiócitos, que se acumulam nos nódulos linfáticos[1] .

Os histiócitos são CD-68 e S-100 positivos, CD1a negativos. As lesões são baseadas na dura-máter, impregnam-se por contraste e podem simular meningiomas.

A doença foi nomeada em homenagem a Juan Rosai e Ronald Dorfman.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. James, William D.; Berger, Timothy G.; et al.. Andrews' Diseases of the Skin: clinical Dermatology. [S.l.]: Saunders Elsevier, 2006. ISBN 0-7216-2921-0
Ícone de esboço Este artigo sobre doenças é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.