Domínio de Akō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O castelo de Akō na cidade de Akō

O Domínio de Akō (赤穂藩, Akō Han?) foi um domínio no Japão feudal. Localizava-se na Província de Harima e equivale às atuais cidades de Akō e Aioi e o município de Kamigōri na prefeitura de Hyōgo. O Castelo de Akō era o quartel-general do domínio.

Em 1615, o shogunato Tokugawa concedeu o domínio de Akō a Ikeda Masatsuna. Ele morreu sem deixar herdeiros em 1631, e o domínio passou para o seu irmão Teruoki. Entretanto, Teruoki ficou louco, e em 1645 foi demitido; o domínio foi chefiado pelo ramo principal da família Ikeda até a nomeação de Asano Naganao no mesmo ano. Sob os Asano, o domínio atingiu a produção máxima de 53000 koku.

O neto de Naganao, Naganori, era o daimyo de Akō quando tentou assassinar Kira Yoshinaka no Castelo de Edo em 1701. Ele foi sentenciado a cometer suicídio e seus seguidores se tornaram ronin. Um grupo deles ficou conhecido como os 47 ronin.

O domínio passou para Nagai Naohiro, que foi transferido em 1706. Akō então passou para Mori Naganao. Ele e seus herdeiros governaram o domínio por 12 gerações até a abolição do sistema han em 1871. A produção do domínio era de 20000 koku.

Daimyos de Akō[editar | editar código-fonte]

  1. Masatsuna
  2. Teruoki
  1. Naganao
  2. Nagatomo
  3. Naganori
  1. Naohiro
  1. Naganao
  2. Nagataka
  3. Naganari
  4. Masafusa
  5. Tadahiro (r. 1747–1769)
  6. Tadaoki
  7. Tadasuke
  8. Tadaakira
  9. Tadataka
  10. Tadanori
  11. Tadatsune
  12. Tadanori

Referências[editar | editar código-fonte]

Este artigo é traduzido de en:Akō Domain, que por sua vez é baseado no material do artigo ja:赤穂藩 da Wikipédia Japonesa, de 1º de agosto de 2007. O artigo japonês cita os seguintes links: