Edith Irene Södergran

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edith Södergran

Edith Irene Södergran (Sampetersburgo, 4 de Abril de 1892Raivola, Carélia, 24 de Junho de 1923) foi uma escritora e poeta finlandesa de expressão sueca, uma das introdutoras do expressionismo e do modernismo no verso finlandês.

Características[editar | editar código-fonte]

Introduziu na Finlândia a poesia expressionista. O seu vitalismo, de base nietzschiana, caracterizou uma existência marcada por uma tuberculose precoce.

Principais obras[editar | editar código-fonte]

  • Poemas (1916)
  • Lira de Setembro (1918)
  • A sombra do futuro (1920)
  • O país que não existe (1925)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Informações sobre a escritora

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.