Edward de Vere, 17º conde de Oxford

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Retrato de Edward de Vere.

Edward de Vere, 17º conde de Oxford (12 de abril de 1550 a 24 de junho de 1604) foi um nobre inglês e cortesão no Período Elisabetano. Edward era o herdeiro do segundo mais antigo condado do reino, um patrono das artes, e observado por seus contemporâneos como um poeta lírico e dramaturgo, mas seu temperamento volátil e imprudente o impediu de alcançar responsabilidades governamentais e contribuiu para a perda de sua propriedade.[1]

Desde 1920 ele tem sido apontado como o mais provável autor das obras de Shakespeare.

Ele morreu em 1604, depois de ter perdido a totalidade de suas propriedades herdadas.

Referências

  1. Nelson, Alan H. (2004), "Edward deVere", Oxford Dictionary of National Biography, Oxford University Press

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.