Eleições para o Senado dos Estados Unidos em 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flag of the United States.svg

As Eleições para o Senado dos Estados Unidos aconteceu em 2 de novembro de 2010, para 37 das 100 cadeiras no Senado dos Estados Unidos. A eleição especial para uma cadeira, a 38, foi realizada em Massachusetts em 19 de janeiro de 2010, para um mandato que termina em janeiro de 2013.

Alabama[editar | editar código-fonte]

O senador republicano Richard Shelby é candidato à reeleição, contra o advogado democrata William G. Barnes. Foi confirmado a reeleição de Shelby em 3 de novembro de 2010,com 100% das urnas apuradas Shelby obteve maioria de 65,3%,contra 34,7% dos votos de Burns.[1]

Alasca[editar | editar código-fonte]

Lisa Murkowski era candidata a reeleição pelo Partido Republicana, mas foi derrotada na primária por Joe Miller; Scott McAdams concorreu pelo Partido Democrata. Murkowski então decidiu concorrer sem nenhum partido. Murkowski venceu uma das eleições mais disputadas.

Arizona[editar | editar código-fonte]

O republicano John McCain foi reeleito para seu quinto mandato.

Arkansas[editar | editar código-fonte]

No Arkansas, a senadora Blanche Lincoln acabou sendo derrotada pelo representante republicano John Boozman.

Califórnia[editar | editar código-fonte]

A democrata Barbara Boxer, senadora desde a década 90, acabou por ser reeleita.

Carolina do Norte[editar | editar código-fonte]

A secretária de estado Elaine Marshall, acabou sendo derrotada pelo senador Richard Burr.

  • Richard Burr (inc.) 1.458.046 (54,81)
  • Elaine Marshall 1.145.074 (43,05%)

Carolina do Sul[editar | editar código-fonte]

Colorado[editar | editar código-fonte]

Connecticut[editar | editar código-fonte]

Dakota do Norte[editar | editar código-fonte]

Dakota do Sul[editar | editar código-fonte]

Delaware[editar | editar código-fonte]

Flórida[editar | editar código-fonte]

Geórgia[editar | editar código-fonte]

Havaí[editar | editar código-fonte]

Idaho[editar | editar código-fonte]

Illinois[editar | editar código-fonte]

Indiana[editar | editar código-fonte]

Iowa[editar | editar código-fonte]

Kansas[editar | editar código-fonte]

Kentucky[editar | editar código-fonte]

Luisiana[editar | editar código-fonte]

Maryland[editar | editar código-fonte]

Massachusetts[editar | editar código-fonte]

Missouri[editar | editar código-fonte]

Nevada[editar | editar código-fonte]

Nova Hampshire[editar | editar código-fonte]

Nova Iorque[editar | editar código-fonte]

Ohio[editar | editar código-fonte]

Oregon[editar | editar código-fonte]

Pensilvânia[editar | editar código-fonte]

Utah[editar | editar código-fonte]

Vermont[editar | editar código-fonte]

Virgínia Ocidental[editar | editar código-fonte]

Washington[editar | editar código-fonte]

Wisconsin[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Election Map Alabama (em inglês) Politico. Visitado em 3 de novembro de 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre Eleições nos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.