Grabado en Buenos Aires con Maria Creuza y Toquinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vinícius de Moraes en La Fusa con Maria Creuza y Toquinho
Álbum ao vivo de Vinicius de Moraes
Lançamento 1970
Gravação 1970, na boate La Fusa, em Buenos Aires-ARG
Gênero(s) MPB, Samba, Bossa Nova
Formato(s) LP
Gravadora(s) Diorama
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

All Music Guide 5 de 4 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg link
Cronologia de Vinicius de Moraes
Último
Último
Vinícius em Portugal
(1969)
Como Dizia O Poeta...
(1971)
Próximo
Próximo

Vinícius de Moraes Grabado en Buenos Aires con Maria Creuza y Toquinho é um álbum do cantor e compositor brasileiro Vinicius de Moraes, de 1970.

Álbum[editar | editar código-fonte]

"Vinícius de Moraes Grabado en Buenos Aires" é tido como um dos melhores álbuns ao vivo da música popular brasileira, resultado do encontro do poeta com dois novos e talentosos músicos brasileiros. Gravado ao vivo na famosa boate La Fusa, de Buenos Aires, o álbum marca a primeira aparição do novo parceiro de Vinícius, o violonista Toquinho.

A cantora baiana Maria Creuza, que excursionara com a dupla para Punta del Este, também participou deste antológico disco e fez belas interpreções em canções de clássicos como "A Felicidade", "Samba em Prelúdio", "Eu Sei Que Vou Te Amar" (durante a canção, Vinícius declamou o "Soneto da Fidelidade", para delírio do público argentino), "Minha Namorada", "Tomara", "Lamentdo do Morro" e "Se Todos Fossem Iguais A Você" - além da doce interpretação em "Catendê".

Destaque também para a interação do poeta com a platéia, a qual retirou várias gargalhadas e muitos aplausos, como nas canções "Canto de Ossanha" e "Garota de Ipanema". Em harmonia com os excelentes vocais de Vinícius e Maria Creuza, estavam os belos arranjos de violão de Toquinho.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Copa do mundo (Maugeri, Müller, Sobrinho e Dagô) - 01:12
  2. A felicidade (Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim) - 03:27
  3. Tomara (Vinicius de Moraes) - 04:17
  4. Que maravilha (Jorge Ben / Toquinho)- 02:28
  5. Lamento no morro (Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim) - 02:24
  6. Berimbau / Consolação (Vinicius de Moraes / Baden Powell) - 02:46
  7. Irene (Caetano Veloso) - 02:33
  8. Canto de Ossanha (Vinicius de Moraes / Baden Powell) - 03:05
  9. Garota de Ipanema (Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim) - 02:23
  10. Samba em prelúdio (Vinicius de Moraes / Baden Powell) - 03:49
  11. Catendé (Antônio Carlos e Jocafi / Ildásio Tavares) - 05:10
  12. Valsa da Tunisia (Vinicius de Moraes) - 03:08
  13. Eu sei que vou te amar (Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim) - 03:28
  14. Minha namorada (Vinicius de Moraes / Carlos Lyra) - 03:57
  15. Se todos fossem iguais a você (Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim)- 02:57

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Vinicius de Moraes
Álbuns e EPs: Orfeu da Conceição (1956) | Canção do amor demais (com Elizeth Cardoso) (1958) | Por toda minha vida (com Lenita Bruno e Orquestra) (1959) | Vinícius e Odete Lara (1963) | De Vinicius e Baden especialmente para Ciro Monteiro (1965) | Os Afro-sambas (1966) | Garota de Ipanema (1967) | Vinícius em Portugal (1969) | Amália / Vinicius (com Amália Rodrigues) (1970) | Como Dizia O Poeta... (1971) | Toquinho e Vinicius (1971) | Marilia / Vinicius (1972) | Vinicius canta: Nossa Filha Gabriela (1972) | São Demais Os Perigos Dessa Vida (1972) | O Bem-Amado (1973) | Vinicius & Toquinho (1974) | Vinicius / Toquinho (1975) | Deus lhe pague (1976) | Um pouco de ilusão (1980) | A Arca de Noé (1980) | A Arca de Noé 2 (1981) | Brasília Sinfonia da Alvorada (1983) | Vinicius em Cy (com Quarteto em Cy) (1993) | Prelúdios e Canções de Amor (com Claudio Santoro) (2000) | Canção do amor demais (com Olivia Byington) (2003) | Jobim Sinfônico (2003) | Berimbau (com Paula Morelenbaum) (2004)
Álbuns ao vivo: Vinícius e Caymmi no Zum Zum (1965) | Vinícius: Poesia e Canção (1966) | En La Fusa con Maria Creuza y Toquinho (1970) | Vinícius + Bethânia + Toquinho - En La Fusa (1971) | Saravá Vinicius! - Vinicius de Moraes en São Paulo con Quarteto em Cy y Toquinho (1974) | O Poeta e o Violão | Tom, Vinicius, Toquinho e Miúcha - Gravado ao vivo no Canecâo (1975) | Poeta, moça e violão - Vinicius, Clara e Toquinho (1991) | Vivendo Vinicius (2000) | Tom canta Vinicius (com Tom Jobim) (2000))
Coletâneas: Vinícius (1967) | Antologia Poética (1977) | 10 anos de Toquinho e Vinicius (1979) | Testamento... (1980) | História da Música Popular Brasileira – Grandes Compositores (1982) | Songbook – Volume 1 (1993) | Songbook – Volume 2 (1993) | Songbook – Volume 3 (1993) | Vinicius de Moraes por Odete Lara (1998)