Estádio Jardim América

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jardim América
Estádio do Paulistano
Nomes
Nome Estádio Jardim América
Apelido Jardim América
Características
Local São Paulo, SP, Brasil
Gramado Grama natural (109 x 73 m)
Capacidade 15.000
Construção
Data 1917
Inauguração
Data 29 de dezembro de 1917
Partida inaugural Seleção Paulista 1 x 0 Dublin FC do Uruguai
Último Jogo
Recordes
Público recorde 15.000
Data recorde Várias datas
Partida com mais público Muitos jogos com lotação máxima
Outras informações
Demolido 1950
Proprietário Club Athletico Paulistano
Administrador Club Athletico Paulistano
Mandante Club Athletico Paulistano

O Estádio do Club Athletico Paulistano, mais conhecido como Estádio Jardim América ficava no mesmo lugar onde está hoje a sede do clube, no Jardim América, bairro nobre de São Paulo e pertencia ao Club Athlético Paulistano clube da elite quatrocentona paulistana no começo do Século XX, maior time da época, que quando saiu do futebol, foi sucedido pelo São Paulo Futebol Clube.

O estádio tinha capacidade para 15.000 espectadores, com alguns setores cobertos, e gramado com dimensões 109m por 73 m.

Polêmica sobre a inauguração[editar | editar código-fonte]

Oficialmente,o estádio foi inaugurado em 29 de dezembro de 1917 na vitória da Seleção Paulista sobre o Dublin F.C. do Uruguai por 1 a 0. Mas o Santos Futebol Clube aponta como inauguração real do estádio o dia 21 de abril de 1918, quando o Paulistano o venceu por 7 a 3.

Quanto ao seu fim, não há controvérsias: Quando o Paulistano, defensor ferrenho do amadorismo e do elitismo no Futebol, desistiu de concorrer com a Liga pró-profissional e extinguiu seu departamento de futebol em 1929, o campo deixou de ser usado para disputa do Campeonato Paulista. Acabou sendo demolido em 1950.[1]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.