Estação Globo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Estação Globo
Logotipo do Programa.
Informação geral
Formato
Duração 1h (aprox.)
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Marcos Paulo
Mário Meirelles
Mariozinho Vaz
Apresentador(es) Ivete Sangalo
Exibição
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 26 de dezembro de 200418 de janeiro de 2009
N.º de temporadas 5
N.º de episódios 24

Estação Globo foi um programa brasileiro apresentado por Ivete Sangalo que estreou em 26 de dezembro de 2004 e terminou em 18 de janeiro de 2009, exibido pela Rede Globo.

Atualmente está sendo reprisado no Canal Viva desde o dia 2 de fevereiro de 2013.

1ª temporada[editar | editar código-fonte]

A 1ª temporada foi exibida entre 26 de dezembro de 2004 a 16 de janeiro de 2005, inicialmente formado por quatro especiais musicais, o programa, exibido nas tardes de domingo, entrou para o calendário anual da TV Globo, sempre reunindo diversos nomes da música brasileira, em diferentes edições.

1º Programa[editar | editar código-fonte]

Infantis (26/12/2004)[editar | editar código-fonte]

O especial sobre musicais infantis mostrou a aventura da boneca de pano Emília, personagem do escritor Monteiro Lobato (então interpretada na TV pela apresentadora do especial, Isabelle Drummond), tentando descobrir o que acontece com os personagens das histórias infantis depois que elas são contadas. Por meio de um controle remoto, ela e o cão Plim Plim viajam até os cenários da bruxa Keka e de A Turma do Didi (1998), onde encontram, respectivamente, a apresentadora Xuxa Meneghel e o humorista Renato Aragão.

Um dos momentos altos do especial é o encontro da boneca com a primeira Emília do programa Sítio do Picapau Amarelo (1977), interpretada pela atriz Dirce Migliaccio.

Todo o programa foi costurado por imagens de arquivo dos grandes musicais infantis apresentados na TV Globo, muitos deles com supervisão do diretor Augusto César Vanucci.

O primeiro Estação Globo contou com números musicais inusitados: a banda Biquíni Cavadão deu roupagem nova à canção Carimbador Maluco, de Raul Seixas, apresentada pelo próprio no especial Plunct, Plact, Zuuum... (1983); Vinny cantou Hey Shazan, tema do programa Shazan, Xerife & Cia. (1972); as meninas do SNZ desceram ao palco num cesto de balão cantando Lindo Balão Azul (de Guilherme Arantes), lembrando o infantil Balão Mágico (1983); Felipe Dylon se transformou numa marionete para apresentar Cinto de Inutilidades (de Nelson Motta, Paulo Sérgio Valle e Marcos Valle), tema de Globo Cor Especial (1973); Zélia Duncan virou uma holografia cantando Alegria da Vida (Marcos Valle, Paulo Sérgio Valle e Nelson Motta), tema do infantil Vila Sésamo (1972); e Jairzinho divertiu com Xixi nas Estrelas, música de Guilherme Arantes.

2º Programa[editar | editar código-fonte]

Musicais (02/01/2005)[editar | editar código-fonte]

O Estação Globo em homenagem aos musicais da emissora mostrou trechos de programas como Cassino do Chacrinha (1982), Globo de Ouro (1972), Série Grandes Nomes (1980), Chico & Caetano (1986) e Som Livre Exportação (1970), e de megaeventos como festivais musicais e espetáculos de cantores nacionais e internacionais realizados no Brasil.

Os programas foram lembrados por meio de edições e depoimentos em VTs, culminando com a interpretação, no palco, de alguns dos maiores sucessos apresentados ao longo de quase 40 anos de TV Globo. Entre os convidados recebidos por Ivete Sangalo estavam Sidney Magal, Zezé di Camargo e Luciano, Alcione, Simoninha, Skank, Sandy e Júnior, Fernanda Abreu, Daniela Mercury, Beth Carvalho, Jorge Aragão, Dudu Nobre e as atrizes Betty Faria, Cláudia Raia e Marília Pêra.

Entre os momentos memoráveis do musical, Ivete Sangalo surgiu em cena caracterizada como o apresentador Abelardo Barbosa, o Chacrinha, e cantou para o público o tema que ele costumava cantar no programa Cassino do Chacrinha (1982). A banda Skank apresentou Fio Maravilha (de Jorge Ben Jor), relembrando a vitória da cantora Maria Alcina na fase nacional do Festival Internacional da Canção de 1972. Fernanda Abreu interpretou Miss Brasil 2000, de Rita Lee e Lee Marcuci. Marília Pêra, Betty Faria e Claudia Raia deram um show de coreografia e emocionaram a plateia com a música Epitáfio (de Sérgio Britto), sucesso do grupo Titãs. Marília, Cláudia e Betty foram convidadas pelo diretor Luiz Gleiser para apresentar no programa os musicais que estrelaram na TV Globo no passado, respectivamente Elas por Ela (1992), Não Fuja da Raia (1995) e Betty Faria Especial (1984).

O programa ainda apresentou, entre outras atrações, a cantora Alcione, que relembrou os tempos do Globo de Ouro (1972) e cantou Meu Vício É Você (de Chico Roque e Carlos Colla) e Não Deixe o Samba Morrer (de Edson Conceição e Aloísio), música que ficou durante muito tempo nas paradas de sucesso; o cantor Sidney Magal, que interpretou um de seus maiores hits, Sandra Rosa Madalena; além de uma roda de samba formada por Ivete Sangalo, Jorge Aragão, Beth Carvalho e Dudu Nobre na canção Conto de Areia, de Romildo Bastos e Toninho Nascimento.

3º Programa[editar | editar código-fonte]

Rock (09/01/2005)[editar | editar código-fonte]

Um show gravado na casa de espetáculos Claro Hall (Citibank Hall a partir de 2008), no Rio de Janeiro, com as principais músicas e bandas de rock do Brasil, marcou o especial que a TV Globo exibiu como uma amostragem da história do rock.

O programa apresentou uma série de sucessos nacionais e internacionais, reunindo composições de John Lennon e Paul McCartney, Mick Jagger e Keith Richards, Cazuza, Roberto Carlos, Rita Lee, Renato Russo e muitos outros.

O especial, apresentado pela cantora Rita Lee e pelo jornalista Álvaro Pereira Junior, teve várias atrações. Pepeu Gomes cantou as músicas Purple Haze, sucesso de Jimi Hendrix, além de Cocaine, Day Tripper e a nacional Brasileirinho, de Waldir Azevedo. A banda Jota Quest atacou de (I Can’t Get No) Satisfaction, Exagerado, Ando Meio Desligado e Se Você Pensa. O grupo Barão Vermelho interpretou Jardins da Babilônia e Pro Dia Nascer Feliz. Charlie Brown Jr. mostrou Samba Mokossa e Vícios e Virtudes. Capital Inicial recordou Renato Russo e o grupo Legião Urbana com Tempo Perdido e Música Urbana, além de cantar Rock and Roll All Night. Os Titãs apresentaram grandes sucessos da banda, como É Preciso Saber Viver, Sonífera Ilha e Quero que Vá Tudo pro Inferno. O especial ainda levou ao ar as bandas Detonautas (Ideologia e Plush); Ira! (Você Ainda Pode Sonhar e Não Vai se Perder por Aí) e Skank (Lourinha Bombril e É Proibido Fumar).

4º Programa[editar | editar código-fonte]

Música de Novela (16/01/2005)[editar | editar código-fonte]

O especial Música de Novela mostrou vários astros da MPB interpretando canções que fizeram parte da trilha sonora de novelas exibidas pela TV Globo. O repertório foi escolhido pelos próprios atores da emissora, a partir de um cardápio com 28 músicas.

O programa mostrou o grupo Roupa Nova cantando Dona (de Sá e Guarabira), tema da personagem Viúva Porcina, vivida por Regina Duarte, em Roque Santeiro (1985); Paulinho da Viola e a sua canção Pecado Capital, tema de abertura das duas versões da novela homônima, exibidas em 1975 e 1998; e Daniela Mercury cantando Como Vai Você?, que embalou as cenas da personagem de Vera Fisher em Laços de Família (2000). João Bosco fez um pout-pourri e apresentou Papel Machê, da trilha de Corpo a Corpo (1984); Jade, de O Salvador da Pátria (1989); Bijuterias, de O Astro (1977); e Mémorias da Pele, que fez parte da trilha da novela O Mapa da Mina (1993).

Também participaram do musical a família Caymmi e os cantores Elba Ramalho, Luiz Melodia, Oswaldo Montenegro, Ivan Lins, Milton Nascimento, Simone, Cídia e Dan - dupla formada na terceira edição do programa Fama (2002), exibida em 2004 -, Paula Morelembaum, Dani Carlos, Rosana e Ivo Pessoa.

Grande parte do elenco da TV Globo prestigiou a gravação do programa, realizada em um dos estúdios da Central Globo de Produção (Projac), no Rio de Janeiro.

Fernanda Montenegro, Tarcísio Meira, Glória Menezes, Paulo Goulart, Nicete Bruno, Regina Duarte, Malu Mader, Patrícia Pillar, Alinne Moraes, Cauã Raymond, Mariana Ximenes, Natália do Vale, Tony Ramos, Giselle Itié, Mylla Christie, Maitê Proença, Guilherme Berenger, Betty Faria e os diretores (e também atores) Wolf Maya e Dennis Carvalho foram alguns dos presentes na gravação do especial.

2ª temporada[editar | editar código-fonte]

A 2ª temporada foi exibida entre 18 de dezembro de 2005 a 8 de janeiro de 2006, o programa passou a contar com apresentação da cantora Ivete Sangalo, sendo uma série de programas especiais musicais com os artistas que fizeram o ano em questão. O formato também foi adotado nas outras edições.

3ª temporada[editar | editar código-fonte]

A 3ª temporada foi exibida entre 10 de dezembro de 2006 a 14 de janeiro de 2007, a dupla Sandy e Junior realizou a última apresentação em dupla na televisão no palco do programa de Ivete Sangalo, amiga íntima dos irmãos mais queridos do Brasil. Eles entram de mãos dadas, trocam olhares e elogios durante todo o show, que reuniu grandes sucessos como "A lenda", "Desperdiçou", "Cai a chuva" e "Enrosca", encerrando a participação com um longo abraço.

4ª temporada[editar | editar código-fonte]

A 4ª temporada foi exibida entre 9 de dezembro de 2007 a 13 de janeiro de 2008, A quarta edição de Estação Globo apresentou quatro programas, mais um especial, que reuniram mais de 60 artistas e bandas, de variados gêneros musicais, em alguns dias de gravação num dos estúdios da Central Globo de Produção (Projac).

O programa apresentou diferentes quadros. O Atendendo a Pedidos contou com a participação de fãs famosos de Ivete Sangalo, como Reynaldo Gianecchini, Lázaro Ramos e Fernanda Vasconcellos, que gravaram depoimentos pedindo músicas não usuais no repertório da cantora. Também foram criados o Dose Dupla, um espaço no qual o artista voltava ao palco para cantar mais uma música, e o Teletema, com canções de novelas que estavam no ar, interpretadas por diferentes convidados.

Buscou-se a interatividade com o público, incentivando a gravação de vídeos caseiros com trechos de sucessos de Ivete Sangalo, que concorriam à chance de serem exibidos nas aberturas de cada bloco. A gravação era possível por meio do site do programa, que permitia ao internauta gravar sua apresentação diante de uma webcam.

Especial[editar | editar código-fonte]

No dia 7 de setembro de 2008 foi feito uma edição extra do Estação Globo com a exibição de uma versão compacta do show Multishow ao Vivo: Ivete no Maracanã, gravado em 16 de Dezembro de 2006 e lançado em CD/DVD em 2007.

5ª temporada[editar | editar código-fonte]

A 5ª temporada foi exibida entre 14 de dezembro de 2008 a 18 de janeiro de 2009, foram agregados dois novos elementos: no primeiro bloco, a participação especial de uma personalidade que fez sucesso nas novelas da emissora, com direito a chamar a banda que toca a canção-tema de seu personagem na novela da qual participou. No segundo bloco, sempre que Ivete está prestes a chamar algum artista, há a participação de algum comediante do programa Zorra Total, humorístico exibido nas noites de sábado. Participaram do programa as atrizes Deborah Secco, Ísis Valverde, Grazielli Massafera, Carolina Dieckmann e Mariana Rios, e os comediantes Marcius Melhem e Katiuscia Canoro (Glauber e Lady Kate); Fabiana Karla (Dra. Lorca); Samanta Schmutz e Karine Klimeck (Leonina e Klimeck); Nelson Freitas e Jeovane Nunes (Carretel e Zeca Pimenteira); Dig Dutra e Rodrigo Fagundes (Maria da Abadia e Patrick).

O último programa da temporada exibido em 18 de janeiro de 2009 foi marcado pelo axé music, com a participação das bandas Voadois, Negra Cor Trem de Pouso, Cheiro de Amor, Vixe Mainha e Motumbá, das cantoras Claudia Leitte (ex-Babado Novo) , Carla Cristina (ex-As Meninas) e Larissa Luz (atual vocalista do Ara Ketu) e dos cantores Tomate (ex-Rapazolla), Netinho e Tatau (ex-Ara Ketu).

Na temporada 2009-2010 não houve o Estação Globo, por causa da Licença Maternidade de Ivete Sangalo. No ano seguinte, a emissora decidiu cancelar de vez o programa, sendo substituido pelo Esquenta!, apresentado por Regina Casé.

Curiosdades[editar | editar código-fonte]

  • Uma das maiores marcas registradas de Ivete Sangalo no programa foi o esquecimento de suas próprias músicas e seu famoso tombo no palco durante uma apresentação da Banda Calypso, que foi repetido muitas vezes pelo Falha nossa, quadro de maior sucesso do Vídeo Show.

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.