Eumenes II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Eumenes II

Eumenes II (Εὐμένης Β' τῆς Περγάμου; 221 a.C.160 a.C.) foi um rei de Pérgamo que governou entre 197 e 159 a.C., sendo membro da Dinastia Atálida.

Era filho de Átalo I e da rainha Apollonis. Casou-se com Estratônica, filha de Ariarates IV, rei da Capadócia, tendo um filho, que se tornou rei como Átalo III. Seguindo o exemplo paterno, Eumenes colaborou com os romanos para conter os macedônios e os selêucidas, que levou à derrota de Antíoco III na Batalha de Magnésia em 190 a.C. Como resultado da Paz de Apamea em 188 a.C. ele recebeu as regiões da Frígia, Lídia, Pisídia, Panfília e partes da Lícia de seus aliados romanos. Mais tarde caiu em desgraça junto aos romanos por ter se tornado suspeito de se aliar com Perseu da Macedônia. Então os romanos tentaram, sem sucesso, colocar no trono seu irmão, Átalo II.

Em seu reinado se expandiu a Biblioteca de Pérgamo, uma das maiores bibliotecas do mundo antigo, e se construiu o célebre Altar de Pérgamo, uma das maiores realizações da escultura do Helenismo.