farad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Farad (símbolo F) é a unidade de capacitância (ou capacidade elétrica) do Sistema Internacional de Unidades (SI). Seu nome foi dado em homenagem ao cientista britânico Michael Faraday (1791 — 1867).

Condensador elétrico ideal, cuja capacidade se expressa em farad.

Definição[editar | editar código-fonte]

Um farad corresponde à capacidade de armazenamento de energia elétrica de um capacitor (português brasileiro) ou condensador (português europeu) ou de um sistema de condutores, entre cujas placas exista uma diferença de potencial elétrico (tensão) de 1 volt (1 V), quando está carregado de uma quantidade de eletricidade igual a um coulomb (1 C).[1]

Reciprocamente, um capacitor bipolar (ou um elemento passivo bipolar qualquer de circuito elétrico) tem a capacitância de um farad se, estando carregado com uma carga de 1 coulomb, apresentar uma diferença de potencial elétrico de 1 volt entre os seus terminais.

A inclusão de "elemento passivo bipolar qualquer" na definição é significativa pelo fato de que, embora se espere idealmente encontrar capacitância apenas no condensador, ocorre que todo e qualquer elemento pode apresentar propriedade capacitiva - definida como "capacidade de armazenamento de carga elétrica num dado campo elétrico, sob uma dada diferença de potencial elétrico".

Dimensionais[editar | editar código-fonte]

Sua expressão equivalente em unidades SI mais simples pode ser dada de duas maneiras:

 [\mbox{C}] = \mbox{C}\cdot \mbox{V}^{-1} = \mbox{m}^{-2}\cdot \mbox{kg}^{-1}\cdot \mbox{s}^4\cdot \mbox{A}^2
onde:
  1. [C] significa (e, portanto, lê-se) "dimensional de C";
  2. O "C" que figura entre colchetes ([C]) significa capacitância;
  3. O "C" que figura em C.V–1 (C) significa coulomb.
[\mbox{C}] = \mbox{C}\cdot \mbox{V}^{-1} = \mbox{A}\cdot \mbox{s}\cdot \mbox{V}^{-1}
onde:
  1. [C] significa (e, portanto, lê-se) "dimensional de C";
  2. O "C" que figura entre colchetes ([C]) significa capacitância;
  3. O "C" que figura em C.V–1 (C) significa coulomb.

Generalidades[editar | editar código-fonte]

Já que o farad é uma unidade muito grande, valores de capacitores são geralmente expressos em microfarads (μF), nanofarads (nF), ou picofarads (pF). Como o milifarad é raramente usado na prática, uma capacitância de 4.7×10-3 F, por exemplo, é geralmente escrita como 4 700 μF (embora também possa ser 4,7 mF).

Tecnologias modernas têm permitido construir capacitores cujas capacitâncias alcançam a faixa dos quilofarads: são os supercapacitores.

O farad não deve ser confundido com o faraday, uma unidade antiga de carga elétrica, muito utilizada em processos eletroquímicos industriais, e que vale cerca de (96.485,3090 ± 0,000.1) coulombs.

Ao inverso multiplicativo da grandeza capacitância elétrica chama-se elastância elétrica, cuja unidade (não-padrão, não-SI) é o daraf.

Múltiplos do farad no SI[editar | editar código-fonte]

Múltiplo Nome Símbolo Múltiplo Nome Símbolo
100 farad F
101 decafarad daF 10–1 decifarad dF
102 hectofarad hF 10–2 centifarad cF
103 quilofarad kF 10–3 milifarad mF
106 megafarad MF 10–6 microfarad µF
109 gigafarad GF 10–9 nanofarad nF
1012 terafarad TF 10–12 picofarad pF
1015 petafarad PF 10–15 femtofarad fF
1018 exafarad EF 10–18 attofarad aF
1021 zettafarad ZF 10–21 zeptofarad zF
1024 yottafarad YF 10–24 yoctofarad yF

Referências

  1. Bureau international des poids et mesures. Le Système international d'unités. 8ª. ed. [S.l.: s.n.]. Capítulo cap.2, pág.54. ISBN 92-822-2213-6.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Eletricidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.