Fifty Shades of Grey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fifty Shades of Grey
As Cinquenta Sombras de Grey (PT)
Cinquenta Tons de Cinza (BR)
Cinquenta Tons de Cinza.jpg
Capa da edição britânica.
Autor (es) E. L. James
Idioma inglês
País  Reino Unido
Género Ficção erótica
Série Fifty Shades
Editora Arrow Books
Lançamento 20 de junho de 2011
Páginas 514
ISBN 9781612130286
Edição portuguesa
Tradução Ana Álvares
Leonor Marques
Editora Lua de Papel
Lançamento julho de 2012
Páginas 547
ISBN 978-989-23-1995-7
Edição brasileira
Tradução Adalgisa Campos da Silva
Editora Intrínseca
Lançamento 2012
ISBN 9788580572186
Cronologia
Último
Último
Fifty Shades Darker
(2012)
Próximo
Próximo

Fifty Shades of Grey (Cinquenta Tons de Cinza (título no Brasil) ou As Cinquenta Sombras de Grey (título em Portugal)) é um romance erótico bestseller da autora inglesa Erika Leonard James publicado em 2011.

O primeiro livro de uma trilogia que está sendo tratado como o "pornô das mamães" vendeu mais de 10 milhões de livros nas seis primeiras semanas.[1] [2] [3] O título faz referência a um trocadilho com o nome do mestre da dominação descrito no livro, "Christian", de sobrenome "Grey" (traduzido do inglês, "cinza").

Os segundo e terceiro volumes da trilogia são intitulados Fifty Shades Darker e Fifty Shades Freed[4] . Fifty Shades of Grey faz parte da trilogia que soma mais de quarenta milhões de cópias vendidas em trinta e sete países,[5] ultrapassando o Harry Potter e O Código Da Vinci no Reino Unido.[6] No Brasil, Cinquenta Tons de Cinza vendeu cerca de 30 milhões de cópias em dez semanas. Foi publicado em quarenta e sete países. No Brasil, a trilogia foi publicada pela Editora Intrínseca.[4]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Cinquenta Tons de Cinza retrata Anastasia Steele, uma virgem de 21 anos cursando a Faculdade de Literatura que, após entrevistar Christian Grey para o jornal da faculdade, passa a ter um relacionamento com o magnata.[3] A trama desenrola-se em Seattle. Em meio ao luxo, Anastasia descobre, por meio de Christian Grey, o mundo do sadomasoquismo. com ricos detalhes de bondage, sadismo e masoquismo.

Cinquenta Tons de Cinza conta a história de amor e vida de Anastasia Steele e Christian Grey. Originalmente o livro era apenas uma fanfic em homenagem a Crepúsculo (com os protagonistas Edward e Bella). Publicado de maneira independente, logo se mostra um grande sucesso, ganhando grande disputa pelas editoras. Ana é atrapalhada por natureza, desastrada e uma pessoa comum aos próprios olhos. Teve uma vida quase nula no quesito relacionamentos. Ana tem uma grande amiga, Kate que está se formando em jornalismo, e no dia de uma grande entrevista, adoece. Ana, apesar de relutante, decide ir em seu lugar para ajudá-la. Após a entrevista, Ana se envolve com o empresário Christian Grey, mas ao se aprofundar nesse relacionamento, ao invés de receber ”corações e flores” como queria, ela recebe uma ”proposta” que vai mudar toda sua vida.

A trilogia é composta por:

1 – Cinquenta Sombras de Grey (2011)

2 – Cinquenta Sombras Mais Negras (2012)

3 – Cinquenta Sombras Livres (2012)

O livro Cinquenta Tons de Cinza se tornou o romance britânico mais vendido de todos os tempos com 5,3 milhões de cópias vendidas no Reino Unido e mais de 20 milhões no mundo todo. Em 2012, a autora E. L. James foi considerada pela revista Time umas das 100 pessoas mais influentes do mundo.

Filme[editar | editar código-fonte]

Adaptação para os cinemas do best-seller mundial de E. L. James, Cinquenta Tons de Cinza acompanha um intenso relacionamento entre a estudante de literatura Anastasia Steele (Dakota Johnson) e o jovem milionário Christian Grey (Jamie Dornan). Tudo começa quando Anastasia deve entrevistar Christian para o jornal da faculdade. A partir daí, nasce uma complexa relação entre ambos. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Anastasia não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

Sam Taylor-Johnson é a responsável pela direção de Cinquenta Tons de Cinza. O último filme dirigido por ela foi O Garoto de Liverpool, em 2009, que recebeu duas indicações ao BAFTA. O roteiro de 50 Tons foi escrito por Kelly Marcel, que também roteirizou a série de TV "Terra Nova" e "Walt nos Bastidores de Mary Poppings" (2014). A Universal Pictures e a Focus Features adquiriram os direitos da trilogia best-seller Cinquenta Tons de Cinza por US$5 milhões. Cinquenta Tons de Cinza foi adaptado por Michael De Luca e Dana Brunetti, que produziram o premiado A Rede Social (2011). O filme seria lançado em agosto de 2014, mas a Universal Pictures adiou para 13 de fevereiro de 2015, um dia após o Dia dos Namorados nos Estados Unidos. Os fãs da trilogia de E. L. James já produziram vários pôsteres do filme. Os papeis principais são interpretados por Jamie Dornan, no papel de Christian Grey, e Dakota Johnson, como Anastacia Steele. O trailer foi apresentado pela primeira vez (simultaneamente) nos programas Today Show (NBC) e Mais Você (Rede Globo), no dia 24 de Julho de 2014.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 2012: National Book of the Year, Reino Unido[7]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.