Formiga-amarela-do-prado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaFormiga-amarela-do-prado
Lasius.flavus.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hymenoptera
Família: Formicidae
Subfamília: Formicinae
Género: Lasius
Espécie: L. flavus
Nome binomial
Lasius flavus
(Fabricius, 1782)

A formiga-amarela-do-prado, Lasius flavus, (sinonímia: Formica flava Fabricius, 1781; Lasius flavus, Mayr, 1861; Lasius flavus var. myops Forel, 1894,[1] é um dos tipos de formiga mais comuns na Europa, região mediterrânica, Sibéria,[2] ainda que também ocorra na Ásia,[1] e América do Norte oriental.[3]

A rainha mede entre 5 e 8 mm de comprimento, os machos cerca de 4 mm e as obreiras entre 2 e 4 mm.[4] As suas cores variam do amarelo ao castanho, com as rainhas e os machos a apresentarem-se com revestimento ligeiramente mais escuro.

Entre as características que as distinguem de outras espécies semelhantes está o facto de as secções inferiores das antenas e das tíbias não apresentarem pêlos.[5]

O habitat preferido destas espécies situa-se geralmente no solo de prados (como se depreende do seu nome vulgar) e em relvados. Os formigueiros são geralmente totalmente cobertos por erva, desde que a cobertura vegetal permita alguma exposição solar da superfície do solo,[6] contudo, apresentam frequentemente no exterior pequenos montículos de terra.

Alimentam-se da melada segregada por afídios que fixos a raízes, que criam no interior do formigueiro.[6] No Inverno alimentam-se dos próprios afídios. Em consequência dos seus hábitos alimentares, a espécie é raramente observada no exterior do formigueiro.

Hibernam de Novembro a Março a temperaturas que rondam os 5 a 9°C.[4]

As formas aladas (com asas) podem ser vistas em dias quentes e tardes de Julho a Agosto. Este é um dos raros períodos em que podem ser vistas, já que as obreiras arrastam as jovens formigas aladas para o exterior do formigueiro. As colónias são fundadas por múltiplas rainhas (pleometrose). Mais tarde, as rainhas fundadoras entram em luta, restando apenas uma (monoginia).

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  1. a b JAnt: species: Lasius flavus. ant.edb.miyakyo-u.ac.jp. Página visitada em 2009-07-04.
  2. "Insecta, ex Sibiria meridionali et Mongolia, in itinere Orjan Olsen 1914 collecta. C. Hymenoptera. 1. Formicidae. D. Hemiptera. 1. Homoptera cicadina.". www.archive.org. Página visitada em 2009-07-04.
  3. Lasius flavus. www.myrmecos.net. Página visitada em 2009-07-04.
  4. a b Antsectopia - Species. www.antsectopia.com. Página visitada em 2009-07-04.
  5. Yellow meadow ant - Lasius flavus - ARKive. www.arkive.org. Página visitada em 2009-07-04.
  6. a b Yellow meadow ant - Lasius flavus - Information - ARKive. www.arkive.org. Página visitada em 2009-07-04.
Ícone de esboço Este artigo sobre insetos, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.