Fosfofrutoquinase 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Fosfofrutoquinase-1 (PFK-1, do inglês Phosphofructokinase 1) é a mais importante enzima reguladora (EC 2.7.1.11) da glicólise. É uma enzima alostérica formada de 4 subunidades e controlada por alguns ativadores e inibidores. PFK-1 catalisa a fosforilazação, um dos mais importantes ocorrentes passos da glicólise, a conversão de frutose-6-fosfato com o gasto de uma molécula de ATP para formar frutose-1,6-bisfosfato e ADP.

Esta reação tem uma troca na energia livre de –23.8kJ/mol, pelo que é irreversível. Este passo está sujeito a uma regulação extensiva já que não somente é irreversível, senão que também o substrato original está forçado a proceder até a rota glicolítica logo após este etapa. Isto segue a um controle preciso da glicose e outros monossacarídeos, galactose e frutose, até a rota da glicólise. Antes desta reação enzimática, a glicose-6-fosfato pode viajar potencialmente até a rota da pentose fosfato, ou ser convertida em glicose-1-fosfato e polimerizada na forma de armazenamento glicógeno.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.