Frédéric Beigbeder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frédéric Beigbeder
Nacionalidade França França
Data de nascimento 21 de Setembro de 1965
Local de nascimento Neuilly-sur-Seine, França
Ocupação Escritor, crítico e realizador
Obra(s) de destaque $29,99 e Janelas do Mundo
Frédéric Beigbeder em Cracóvia (Polônia), á 23 de outubro de 2004

Frédéric Beigbeder (21 de Setembro de 1965) é um escritor, crítico e publicitário francês.

Filho de uma tradutora e um executivo, Beigbeder nasceu em uma família abastada. Se formou em ciências políticas no Institut d'Etudes Politiques de Paris aos 24 anos. É divorciado e tem uma filha, Chloé.

Em 2005, é, com outras figuras conhecidas, Alain Decaux, Richard Millet e Jean-Pierre Thiollet, um competidor de Feira do Livro de Beirut.

Obras[editar | editar código-fonte]

Romance[editar | editar código-fonte]

  • 1990: Mémoire d'un jeune homme dérangé
  • 1994: Vacances dans le coma (Férias em coma)
  • 1997: L'amour dure trois ans (O amor dura três anos)'
  • 2000: $29,99
  • 2003: Janelas do Mundo
  • 2005: L'égoïste romantique (O Romântico Egoísta)
  • 2007 : Au secours pardon
  • 2009 : Un roman français, prémio Renaudot.
  • 2014 : Oona & Salinger,

Crônicas[editar | editar código-fonte]

  • 1998 : Barbie
  • 1999: Nouvelles sous ecstasy
  • 2000: Quitter Lavil (pastiche da obra de Christine Angot : Quitter la ville)

Ensaios[editar | editar código-fonte]

  • 2001: Dernier inventaire avant liquidation
  • 2004: Je crois Moi non plus : Dialogue entre un évêque et un mécréant
  • 2011 : Premier bilan après l'Apocalyspe
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.