Galanina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A galanina é um neuropeptídeo largamente distribuído nos sistemas nervosos central e periférico, presente de forma expressiva no proencéfalo de vários mamíferos.

Função[editar | editar código-fonte]

Modelos animais demonstraram o envolvimento da galanina nos processos de aprendizado, na reprodução e no comportamento alimentar. Está envolvida na modulação de inúmeros processos biológicos, tais como a nocicepção, a cognição e a secreção de hormônios e de neurotransmissores. A galanina tem ação inibitória sobre a secreção de insulina, acetilcolina, serotonina e de noradrenalina. Em ratos, a inibição da liberação de acetilcolina pela galanina no hipocampo ventral produz déficit de aprendizado e de memória. Estudos recentes têm sugerido a participação da galanina na fisiopatologia de algumas doenças neuropsiquiátricas, tais como a doença de Alzheimer, a esquizofrenia e a anorexia nervosa.