Galicanismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Chamou-se Galicanismo à tendência separatista da igreja católica da França em relação a Roma e ao Papa. A origem do nome provém de Gália, nome antigo da França.

História[editar | editar código-fonte]

Esta concepção provém do governo absolutista de Luis XIV e das ideias de Bossuet. A Igreja estaria submetida ao Estado e o poder do rei asseguraria o bem-estar dos súditos. O resumo destas ideias estão expressas na "Declaração do clero galicano", redigido por Bossuet em 1682. Constam de basicamente quatro pontos:

  1. Em relação às coisas temporais, os reis independem da Santa Sé.
  2. O Concílio está acima do Papa.
  3. O Papa deve respeitar as regras, costumes e constituições aceitas na Igreja galicana.
  4. As definições referentes à fé não podem sofrer reforma sem que haja o consenso de toda a Igreja.

A Igreja galicana estaria submetida às ordem do Papa desde que fossem reconhecidas ou assinadas pelo Papa ou pelo Parlamento francês.

Luis XIV reuniu o clero em 19 de maio de 1692 apresentou estas "Liberdades galicanas".

Com a Revolução Francesa, em 12 de julho de 1790, a Assembleia Constitucional aprova a Constituição Civil do Clero, por intermédio da qual os padres católicos passam a ser funcionários públicos.

A Santa Sé fez condenações moderadas a esta concepção para não evitar um cisma semelhante ao da Reforma Anglicana Inglaterra.

No Concílio Vaticano I as ideias galicanas foram condenadas de heresia definitivamente através da Constituição Dogmática "Pastor Aeternus".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.